Órfãos da pandemia no RN terão auxílio de R$ 500 do Governo do Estado

Governadora Fátima Bezerra anunciou nesta terça a criação do Rio Grande do Norte Acolhe

O anúncio do programa Rio Grande do Norte Acolhe feito nesta terça-feira, 20, pela governadora Fátima Bezerra (PT) durante solenidade de posse dos novos membros do Conselho Estadual de Assistência Social (Ceas-RN), realizada no auditório da Governadoria.

O programa estadual será a versão local do Nordeste Acolhe, aprovado na segunda-feira, 19, em reunião do Fórum dos Governadores do Nordeste, e se voltará para as ações de proteção social às crianças e adolescentes em situação de orfandade. O objetivo é que os órfãos recebam auxílio no valor de R$ 500 até completar a maioridade.

Levantamento do Consórcio Nordeste chegou ao número de órfãos da pandemia, de forma bilateral (morte do pai e da mãe), e monoparental (perda apenas da mãe). No Rio Grande do Norte são cerca de 600 crianças e adolescentes.

A governadora afirmou que foram feitos vários estudos com o Fórum dos Governadores do Nordeste e Câmaras Temáticas e, segunda-feira, o Programa Nordeste Acolhe foi aprovado. “A ideia é pensar em um auxílio social, em uma política de proteção social para dar o amparo a essas crianças e adolescentes”, disse ela ao lado do vice-governador Antenor Roberto (PCdoB).

Segundo a governadora, essa é uma ação que o Estado tem a obrigação de fazer, apesar de não trazer a mãe ou o pai de volta. Emocionada, ela disse que é uma forma de oferecer um pouco de amparo às crianças e reduzir o impacto que essas mortes, tão traumáticas, causaram aos filhos.

As secretarias estaduais do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas) e a da Mulher, da Juventude, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos (Semjidh) vão discutir com as secretarias municipais o planejamento e identificar as crianças órfãs, por meio do Cadastro Único, ao mesmo tempo em que acompanham a inserção delas na educação e na saúde. O projeto será desenvolvido pelo Estado e enviado para aprovação na Assembleia Legislativa.

“No momento da posse do Conselho de Assistência Social quero convocar vocês para assumirem essa agenda e que, em breve, a gente possa enviar esse projeto de Lei à Assembleia Legislativa para aprovação e, com isso, possamos dar aqui no Rio Grande do Norte essa missão de amor, de proteção e humanidade”, pontuou a governadora.

Democracia

Secretária da Sethas, Iris Oliveira destacou que em um país no qual a Democracia está sendo ameaçada todos os dias e muitos conselhos foram simplesmente extintos, a posse de um conselho por si só é sim motivo de celebração. “Sabemos que na política de Assistência Social a participação popular é assegurada na formulação, implementação e avaliação de todas as ações”, pontuou.

Iris Oliveira afirmou que o Conselho toma posse com o desafio imediato de organizar a Conferência Estadual de Assistência Social, em setembro. A secretária lembrou que a Conferência Nacional de 2019 não foi realizada por falta de convocação pelo governo federal. Por isso, a Frente Nacional em Defesa do SUAS realizou a Conferência Democrática em parceria com as organizações da sociedade civil.

A 12ª Conferência Nacional de 2020, cuja realização esteve ameaçada, está marcada para dezembro deste ano com as etapas municipais e estaduais já em curso. O tema será “Assistência Social: Direito do povo e Dever do Estado, com financiamento público, para enfrentar as desigualdades e garantir proteção social”.

Também participaram da cerimônia de posse: o promotor de Justiça, Marcos Aurélio; a secretária da Semjidh, Júlia Arruda;a vereadora Divaneide Basílio; a subscretária do Trabalho da Sethas, Josiane Bezerra; a diretora de Políticas Intersetoriais da Secretaria Estadual da Saúde Pública, Tereza Freire; Richardson Lenine, que deixou a presidência do Conselho; presidente do Colegiado Estadual de Gestores Municipais de Assistência Social, Evilis Gabriela Teixeira; a coordenadora da Gestão Estadual do SUAS/Sethas, Muriele Medeiros; o coordenador do Movimento Nacional da População em Situação de Rua no RN, José Vanilson Torres.

Ceas

O Conselho Estadual de Assistência Social (Ceas) é um órgão de controle social e deliberações da Política de Assistência Social, vinculado à Sethas e que funcionará na estrutura da Casa da Cidadania. As eleições da nova diretoria do Conselho para o biênio 2021-2023 serão realizadas em sessão ordinária depois da posse.

Composição:

Representando a Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas): Murile Medeiros – titular / Edvânia Freitas de Lima – suplentes

Secretaria de Estado das Mulheres, da Juventude, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos (Semjidh): Sandra Regina Freire Pequeno – Titular / Janaína de Lima – Suplente

Representando a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap): Maria Teresa Freire da Costa- Titular / Iza Cristina Leal Bezerra do Amaral – Suplente

Representando a Secretaria de Estado da Educação e da Cultura: Ana Maria Morais Costa- Titular / Josélia Maria da Silva – Suplente

Representando a Secretaria de Estado de Planejamento e Finanças: Elane Silva Castro – Titular / Flauber Fernandes Torquato Lopes – Suplente

Representando o Instituto Nacional de Seguro Social: Rafaella Alencar Cabral – Titular/ Ana Carolina Pontes Ros – Suplente

Representando a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN): Janaiky Pereira de Almeida – Titular / Daniela Neves de Sousa – Suplente

Representando o Colegiado Estadual de Gestores Municipais: Francisco Assis dos Santos – Titular / Dalva Vieira – Suplente

ORGANIZAÇÕES DA SOCIEDADE CIVIL

Entidades:

Serviço de Assistência Rural e Urbano – SAR: Marcio Francisco de Andrade – Titular / Jean Pierre Tertulino Câmara – Suplente

Casa do Menor Trabalhador – CMT: Ieda Fernandes de Macedo Gomes – Titular/ Paulo Ricardo Sampaio de Souza – Suplente

Cáritas Diocesana Caicó: Janine Rodrigues Baltazar – Titular / José Carlos Martins da Silva – Suplente

Instituto Juvino Barreto: Maria Célia da Silva Costa – Titular / Ezilta Maria de Araújo Lima – Suplente

Centro Universal Verbotonal de Audição Guberina (SUVAG): Ana Angélica de Souza Martins – Titular / Carla Katiuscia Amaral da Costa – Suplente

Trabalhadores:

Conselho Regional de Psicologia: Avrairan Fabricia Alves Caetano Solon – Titular / Gilliard de Medeiros Laurentino – Suplente

Usuário e Representação de Usuários: Carlos Henrique de Amorim Farias

Movimento Nacional da População em Situação de Rua: José Vanilson Torres da Silva – Titular / Neurivania da Silva – Suplente

Fotos: Sandro Menezes/Assecom-RN

Print Friendly, PDF & Email

Um comentário em “Órfãos da pandemia no RN terão auxílio de R$ 500 do Governo do Estado

  • 21 de julho de 2021 em 00:57
    Permalink

    Me chamo Roberto, gostei muito do seu site e conteúdo,
    e até salvei aqui nos Favoritos para ler com calma outras
    postagens depois. Quero saber se Vocês aceitam parcerias
    para troca de Backlinks para aumentar as suas visitas reais?
    Se tiver interesse em melhorar seu posicionamento e o
    número de visitantes com Tráfego Orgânico, entre no meu
    site tambem (TrafegoParaSite.com.br) e Cadastre-se
    Grátis.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *