Opinião: as filantropias em épocas de eleições

votoTem se tornado uma prática as ações “filantrópicas” em ano eleitoral, principalmente quando se trata em ano de sucessão municipal. Fazer filantropia é um gesto louvável quando de fato se faz sem pedir algo em troca (VOTOS). Mas, infelizmente as coisas não são bem assim. FILANTROPIA É: AMOR A HUMANIDADE, CARIDADE. Mas, a filantropia posta em prática passa longe do amor ao próximo, caridade? Impossível de se enxergar. Fazer o quê? Afinal, ainda existem alguns cidadãos potiguares carentes de quase tudo, principalmente de amor. Em ano eleitoral é fácil bancar o bom samaritano ou a boa samaritana. Embora os tempos sejam outros, em alguns casos, diga-se de passagem, peculiares, essa falsa filantropia tem surtido algum efeito, muito embora os resultados quase sempre não é o esperado pelo bom samaritano(a).

ARTIGO Em cidades do porte ou até mesmo maior do que Areia Branca a política da filantropia são feitas por grupos de pessoas geralmente ligadas direta ou indiretamente a algum partido político. Errado? Depende do ponto de vista de como enxergar o significado de filantropia. Porém, seria muito importante e louvável que essas “entidades” fizessem filantropia primeiramente o ano todo e não somente em quatro e quatro anos; segundo, que suas ações fossem realizadas sem pedir algo em troca. Será pedir demais?

ARTIGO As ações ofertadas por essas instituições, são geralmente os mesmos serviços prestados pelo poder público, pelo menos é o que deveria ser. Todos sabem que as obrigações de um gestor é de dar qualidade de vida aos seus habitantes em todas as áreas. Mas, é preciso relatar que essas obrigações dos gestores só foram adquiridas com implantação da Lei de Responsabilidade Fiscal, embora, em alguns casos essas obrigações foram pro espaço.

Coincidência ou não, aqui na Salinésia essas obrigações começou ser aplicadas na primeira administração do então prefeito José Bruno Filho (PMDB). Portanto, é dever de qualquer administrador dar condições de uma vida digna aos seus habitantes.

ARTIGO Outro fato bastante interessante na filantropia aplicada por essas entidades, é que as ações desenvolvidas, geralmente são direcionadas a determinados grupos de pessoas que são ligadas as pessoas ou a políticos que estão à frente dessas “entidades filantrópicas”. E viva a filantropia Copa do Mundo!

Areia Branca – RN, 13 de março de 2012.

Glauco Araújo.

Nota do Blog: Desenhos meramente ilustrativos, da internet

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *