Mesmo com o rigor da Lei Maria da Penha, cresce a violência contra a mulher, diz juiz

Bruno Fiho, juiz Renato Magalhães, “Souza” e a secretária da Mulher, Áurea Fernandes, durante palestra (Foto/Cedida: Erivan Silva)

Como parte da programação em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, na quarta-feira passada houve uma palestra voltada para a Lei Maria da Penha. O tema foi focado pelo juiz da Vara de Violência Contra a Mulher, de Mossoró, Renato Vasconcelos Magalhães.

A palestra foi proferida no Centro de Educação Infantil Luiz Breno, com a presença do prefeito Manoel Cunha Neto, “Souza” (PP), do vice-prefeito e médico Bruno Filho (PMDB), secretários e gerentes, além do público específico.

De acordo com as informações do magistrado, o número de mulheres que são vítimas de violência, principalmente dentro do próprio lar, continua crescendo de forma assustadora em Mossoró e na região.

Para ele, depois do tráfico de drogas, a violência contra a mulher ainda lidera o ranking nos departamentos de polícia.

Na abertura da palestra, o vice prefeito Bruno Filho falou das conquistas que a mulher vem alcançando e do respeito que devemos a elas.

O prefeito “Souza”, além de homenagear as mulheres areia-branquenses, ainda apresentou um breve balanço das ações do seu governo em favor da classe feminina.

O juiz Renato Vasconcelos Magalhães elogiou o gestor pela atenção que seu governo tem dado às mulheres, no município.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *