MEC eliminou 65 candidatos por divulgação de fotos do Enem em redes sociais, mas número de desclassificados ainda poderá aumentar

2jImagens do Enem foram publicadas em redes sociais

O Ministério da Educação (MEC) eliminou mais 28 candidatos por publicarem fotos do  Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em redes sociais neste domingo,  4. Ao todo, 63 estudantes foram eliminados nos dois dias de avaliação.

Ao serem identificados, os estudantes foram retirados das salas de aplicação do exame. É proibido entrar na sala de prova com celular ou outros equipamentos eletrônicos.

Ao todo, 65 estudantes foram retirados de sala nesta edição do Enem. Outros 37 já haviam sido identificados pelo Ministério da Educação ontem, 3. Alguns casos aconteceram antes do início das provas, quando fiscais viram os jovens fotografando cartões de respostas.

“O trabalho de acompanhamento de mídia eletrônica foi muito bem feita pela equipe, e infelizmente os estudantes foram prejudicados”, afirmou o ministro Aloizio Mercadante (Educação) em coletiva de imprensa neste domingo.

O ministério informou que aqueles que não foram flagrados no momento da postagem ainda poderão ser desclassificados caso as mensagens sejam encontradas nas redes sociais mesmo depois da realização do exame.

No ano passado, ao menos oito jovens foram desclassificados por tuitarem dentro das salas no primeiro dia de provas.

A previsão é de que os gabaritos do exame sejam divulgados na próxima quarta-feira (7). Os resultados gerais da prova devem sair no dia 28 de dezembro. (Com informações da Folha online).

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *