Matrículas do período 2015.2 estarão suspensas enquanto a Uern estiver em greve

0Greve na Uern compromete o calendário acadêmico (Foto: Divulgação/Aduern)

A Pró-Reitora Adjunta de Ensino de Graduação da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern), professora Fátima Araújo, informa que não haverá matrículas enquanto a universidade estiver em greve. “O calendário acadêmico está suspenso por conta da greve dos professores e técnicos administrativos. Todas as atividades relacionadas as matrículas estão suspensas”, frisou.

Ela disse que logo que o movimento paredista se encerrar será concluído o semestre 2015.1. Só depois disso começam as matrículas do período 2015.2. “O calendário está suspenso. A greve paralisou as atividades. Quando terminar o semestre letivo haverá as matrículas”, acrescentou.

Fátima Araújo lamentou que a greve tenha comprometido o calendário mais uma vez. O calendário acadêmico da Uern já estava próximo de ficar encaixado dentro do calendário anual. “No próximo ano o calendário já ficaria regular”, lembrou.

A professora Fátima ainda destacou que todos os cursos da Uern estão com o reconhecimento dentro do prazo de validade. “Nós temos trabalhado no sentido de colocar em prática todo o nosso planejamento. E dentre as várias atividades, estamos realizando o trabalho de reconhecimento dos cursos. Todos estão dentro do prazo de validade”, concluiu.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *