Mais de 10 mil agentes públicos atuarão na guarda de urnas e segurança do pleito eleitoral no RN

Além dos PMs que atuarão na segurança, outros agentes estarão nas patrulhas dos municípios (Foto: Divulgação/PMRN)

A Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) definiu o esquema de segurança que será deflagrado no pleito eleitoral para o 1° turno, que ocorre neste domingo, dia 2 de outubro.

As forças de segurança do Estado estarão presentes em 1.496 locais de votação, distribuídos em 60 zonas eleitorais, que abrangem todos os 167 municípios potiguares.

Para garantir a segurança das urnas, locais de votação e eleitores, mais de 10 mil agentes públicos serão empregados, sendo a maior parte, cerca de 8 mil homens e mulheres, policiais militares. Na guarda das urnas eletrônicas e locais de votação, também atuarão cerca de 160 bombeiros militares e 1.520 guardas municipais.

A Polícia Civil estará presente, com pleno funcionamento de quatro delegacias de plantão na capital potiguar, sendo duas exclusivas para crimes eleitorais (Zonas Norte e Sul), mais 10 delegacias regionais no interior do Estado (São Paulo do Potengi, Mossoró, Caicó, Pau dos Ferros, Macau, Nova Cruz, Patu, Alexandria, Santa Cruz, João Câmara), e outras 17 delegacias municipais (Lajes, Mossoró, Areia Branca, Baraúna, Assu, Caicó, Currais Novos, Parelhas, Jardim de Piranhas, Apodi, São Miguel, Pendências, Canguaretama, Goianinha, Santo Antônio, Tangará e Touros).

A Operação Eleições 2022 será realizada de forma integrada com os municípios, mediante trabalho operacional das 39 guardas municipais existentes no Rio Grande do Norte, e com instituições federais, por meio da Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal. (Com informações NOVO Notícias).

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *