Mãe de empresário sequestrado garante que sempre acreditou que o filho estava vivo

O sequestro de Porcino Fernandes da Costa Segundo, conhecido como Popó Porcino, filho do empresário Porcino Júnior, ocorreu no dia 17 de junho e o jovem de 19 anos só foi libertado nesta terça-feira, 24. Quatro pessoas foram presas e uma foi morta, mas a polícia acredita que a quadrilha teria mais membros. Fala-se em nove pessoas. 99371José Orlando Evangelista, Bruna de Pinho Landim e Paulo Victor foram presos durante a ação policial (Foto: Degepol)

Os nomes divulgados dos presos foram José Orlando Evangelista, de 42 anos, Bruna de Pinho Landim, de 22, Paulo Victor Lopes Monteiro, de 25, além de Anderson Souza (hospitalizado após o confronto com a Polícia). O bandido que morreu era conhecido como Cabeça, mas estava sem documentos de identificação.

Monalisa Sales, mãe de Popó Porcino, garantiu que sempre manteve a confiança de que voltaria e reencontrar o filho. “Sempre acreditei que ele estava vivo. Sempre. Por isso quero agradecer a todos que rezaram, que torceram por todos nós. Foram muitas orações”, disse a mãe do jovem já está com o filho depois de 37 dias de separação devido ao sequestro que ocorreu em Ceará-Mirim. (Com iunformações da Tribuna do Norte Online).

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *