Luana Bruno afirma que o pagamento do 13º salário aos servidores é a grande preocupação do momento

LUANA BRUNO PREFEITALuana diz que preocupação dos gestores aumenta à medida que se aproxima o final do ano (Foto: Jailton Rodrigues)

A prefeita de Areia Branca, Luana Bruno (PMDB), comentou os efeitos da crise financeira nas prefeituras, principalmente em relação à dificuldade de pagamento do 13º salário, e a redução de repasses federais e estaduais aos municípios.

Diante do atual quadro, Luana Bruno disse acreditar que a maioria dos municípios do Brasil não terá condições de pagar o 13º salário do funcionalismo. “Agora, aquela prefeitura que conseguir quitar o abono salarial e a folha do mês de dezembro, com certeza terá que sacrificar outros setores”, diz.

Para a gestora, quem conseguir a proeza de quitar as duas folhas no último mês do ano, estará cortando na própria carne, inclusive projetos de setores considerados essenciais, para quem, hoje, as administrações municipais trabalham praticamente para fazer o custeio, “porque a situação não permite incrementar novos projetos”, admite.

Para a prefeita Luana Bruno, as prefeituras passam por uma situação que pode ser considerada como “quase de penúria”.

Ela destaca que é importante que a população entenda isso, porque é a primeira a sentir os efeitos, ao passo em que as prefeituras dependem essencialmente da economia do país.  

O que está acontecendo com as prefeituras do Brasil, no ponto de vista da prefeita, é que a receita corrente líquida está caindo, assustadoramente, ao longo do tempo.

Segundo ela, quem sofre com isso são os gestores das cidades, que trabalham com planejamento e são, ainda, obrigados a assumir políticas das outras esferas de governo.

De acordo com Luana Bruno, a crise financeira é realidade em quase todos os municípios da região, assim como do restante do Estado e do país. “A principal preocupação do momento, para nós, gestores, é o pagamento do 13º salário aos servidores”, conclui.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *