“Justiça Restaurativa” será tema de curso oferecido pela Esmarn

Juiz Fábio Ataíde ministrará a capacitação (Foto: Alex Régis)

As práticas restaurativas ganham destaque no Poder Judiciário, diante da mudança cultural no tratamento dos conflitos, onde se busca a pacificação social, incentivada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a partir do tratamento de situações conflituosas de modo restaurativo.

Em função dessa tendência, a Escola da Magistratura do RN (Esmarn) vai oferecer aos servidores o curso “Justiça Restaurativa e Sistema Multiportas de Soluções de Conflitos”. A aula será realizada no próximo dia 16, das 8h20 às 12h30 e das 14h às 18h10, na sede da Esmarn, com carga horária de 10 horas.

O objetivo da formação é trazer ao servidor do Judiciário a compreensão e a capacidade de buscar novos métodos para a gestão do conflito, pensando criticamente sobre modelo vigente, além de aprimorar a atividade jurídica, promovendo a mudança de paradigma na jurisdição penal, e inovar o modelo de resolução de conflitos.

A capacitação será ministrada pelo juiz auxiliar da Corregedoria Geral de Justiça, Fábio Wellington Ataíde Alves, e docente de Direito na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e professor de pós-graduação na Esmarn e na Uni-RN.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *