Juíza acata argumentações das prefeituras e Carnaval de Macau e Guamaré está mantido

ALINE, JUIZA A Justiça reconsiderou a decisão que suspendia o pagamento dos cachês a bandas que vão participar do carnaval em Macau e Guamaré, divulgada na quarta-feira, 2. No início da tarde desta quinta-feira, 3, após receber as argumentações das duas prefeituras, a juíza Aline Daniele Belém Cordeiro mudou o posicionamento e os dois municípios poderão cumprir os contratos firmados com os artistas e a programação das festas está mantida.

Juíza Aline Daniele reconsiderou posicionamento e liberou carnavais 

Na quarta-feira, a Justiça informou que o pagamento dos cachês a empresários estava suspenso devido a dúvidas sobre a realização de inexigibilidade de licitação para a contratação de determinados artistas. Para que não ocorra a licitação, é preciso que os empresários sejam os agentes exclusivos dos artistas, o que supostamente não estaria confirmado. No entanto, a juíza preferiu reconsiderar o posicionamento.

Com esse posicionamento, a programação do Carnaval nas duas cidades está mantida.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *