Invasão ao cemitério público de Areia Branca resulta em mais de 100 túmulos violados

Aldo Dantas cobra medidas de segurança para o cemitério da cidade (Foto: Reprodução)
“Fiquei estarrecido com o que vi, hoje, no Cemitério Público
São Sebastião: mais de 100 túmulos violados pelos vândalos, um verdadeiro
cenário de destruição”. A declaração em tom de revolta é do vereador Aldo Dantas
(PMDB) que na manhã desta quinta-feira, 10, visitou o cemitério público local e
ficou indignado com o que viu.
Segundo Aldo Dantas, logo cedo recebeu informações que o campo
santo havia sido invadido por desconhecidos que violaram mais de uma centena de
túmulos, inclusive alguns de familiares seus.
Em visita ao local, o vereador ficou surpreso com a dimensão
dos estragos e prejuízos causados pelos invasores, em busca de materiais que
possam ser comercializados, como cobre e metal. “Além do prejuízo material,
esses atos chocam e revoltam as famílias dos entes queridos ali enterrados”,
desabafou.
Campo santo é constante alvo de vandalismo (Foto: Do Blog) 
Para Aldo Dantas, o que aconteceu no Cemitério São Sebastião de
ontem, 9, para hoje, foi um verdadeiro “arrastão”. Diante desse fato, ele voltou
a cobrar das autoridades, principalmente o Executivo municipal, medidas urgentes
no sentido de inibir as ações dos vândalos que agem naquele local.
Conforme Aldo Dantas, desde o ano passado ele vem cobrando
providências. Em agosto, a Câmara Municipal de Areia Branca aprovou requerimento
de sua autoria solicitando do Executivo municipal melhorias no único cemitério
existente na sede do município, no tocante à segurança, com instalação de
guarita com vigilância 24 horas e colocação de cerca elétrica em toda a extensão
do muro do campo santo.
Túmulo violado no cemitério local, registrado no ano passado (Foto: Carlos Júnior) 
No início da tarde de hoje, ao participar do programa “Costa
Branca em Debate”, apresentado na Rádio Costa Branca (FM 104,3), o vereador Aldo
Dantas relatou o que viu no cemitério da cidade e voltou a cobrar do setor
competente do governo municipal que sejam designados membros da Guarda Municipal
para fazer vigilância no local e instalação de cerca elétrica em toda a área
murada.
“Com essas providências adotadas pela prefeitura e ainda dando
o suporte necessário para a Guarda Municipal trabalhar no local, acreditamos que
daremos um basta na invasão do campo santo, pelos vândalos”, concluiu Aldo
Dantas.
Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *