Ineficiência na prestação de serviço pela Central do Cidadão de Mossoró será tema de audiência pública

  Central do Cidadão de Mossoró é alvo de muitas reclamações (Foto: Reprodução/Blog Martins em Pauta) 

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), por meio da
14ª Promotoria de Justiça da Comarca de Mossoró, realizará audiência pública no
dia 22 de março, às 9h, a fim de discutir soluções para sanar a ineficiência na
prestação do serviço público estadual de confecção e expedição de documentos de
identificação civil fornecido pela Central do Cidadão daquele município.

Órgãos governamentais e não governamentais ligados ao tema,
direta ou indiretamente, bem como toda a população interessada estão convidados
a participar do evento, que vai acontecer no auditório da sede das Promotorias
de Justiça da Comarca de Mossoró, localizada na Rua Alameda das Imburanas, 850,
bairro Costa e Silva. 
O 14º promotor de Justiça, Romero Marinho, explica que cabe ao
MPRN fiscalizar a eficiência do serviço prestado pela Central do Cidadão e
afirma que a sociedade tem muito a contribuir participando da audiência. “Esse
diálogo com a população faz parte da democracia. É importante também que as
pessoas tragam os problemas para que possamos buscar soluções”, frisa.
Na oportunidade, o Núcleo de Apoio Técnico Especializado
(Nate/MPRN) vai apresentar os resultados da visita técnica realizada pela
assistente social e analista Ana Paula Nogueira Marques na Central do Cidadão de
Mossoró. “O órgão apresenta diversas deficiências, como o número insuficiente de
funcionários e a falta de manutenção nos equipamentos utilizados, que
comprometem o atendimento”, pontua a profissional.
O propósito da audiência pública é colher elementos que
contribuam para a solução efetiva dos problemas em foco, seja através de futura
celebração de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), expedição de Recomendação
ou ajuizamento das medidas judiciais pertinentes. (Com informações do MPRN),

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *