Homenageado de 2013 do Prêmio Hangar, músico Mirabô Dantas fala ao Jornal Tribuna do Norte sobre seu estilo de vida

00Mirabô Dantas: “não como carne, por isso meu roteiro gastronômico costuma ser limitado. Por isso prefiro os restaurantes de frutos do mar” (Foto: João Maria Alves)

Meu Programa Legal – Mirabô Dantas – músico e escritor

O compositor – e agora também escritor – potiguar  Mirabô Dantas traduz seu fim de semana em uma canção tranquila, ritmada, simples e favorável à natureza. O músico que foi o homenageado de 2013 do Prêmio Hangar, tem uma longa e variada carreira que ele mesmo resume com precisão: “Tenho um CD autoral chamado ‘Mares Potiguares’, onde interpreto dez canções. Como escritor estarei relançando no próximo mês o livro ‘Umas Histórias Outras Canções’. Tenho músicas gravadas por Elba Ramalho, Leci Brandão, Terezinha de Jesus, Quinteto Violado, Valéria Oliveira e Liz Rosa, Camila Masiso e outros artista brasileiros. No Rio de Janeiro, onde vivi por 20 anos, fiz trilhas sonoras para teatro e cinema. Também fui diretor do Sindicato dos Músicos do RJ”.

Com esse currículo, o feliz morador de Pium prefere programas simples. Como uma música para se ouvir embalado numa rede, com o mar ao fundo. “Meu lugar favorito em Natal é o Parque das Dunas, local de muito verde. Principalmente aos domingos quando acontece os shows instrumentais com artistas potiguares trazidos pelo projeto Som da Mata.

Já quando quero pegar a estrada pra curtir o interior do Rio Grande do Norte, meu ponto favorito é Areia Branca. É um lugar que indico pra todo mundo,  não só por ter nascido lá, mas porque tem um fim de tarde especialíssimo: lá o sol se põe no mar, um lindo espetáculo da natureza!

Habitualmente não como carne, por isso meu roteiro gastronômico costuma ser um tanto limitado. Acho que por isso mesmo prefiro os restaurantes que servem frutos do mar. Quando estou em Natal (moro em Pium) almoço sempre no Camarão & Cia, um self-service na Praça de alimentação do Praia Shopping. Acho uma boa alternativa. Também não sou muito de bar: vou pouco, porque quase não bebo. Mas gosto do Zen Bar Café, em Pium. É um local que conta com uma programação de filmes e música ao vivo muito boa. Geralmente recebe bons projetos musicais com artistas locais.

Cinema: minha preferência recai geralmente nos clássicos. Prefiro falar dos meus diretores favoritos. Gosto dos filmes de Glauber Rocha, Pasolini, Fellini, Chaplin,  Almodovar, Roman Polanski e Lina Vertmuller. Indico alguns títulos essenciais, como ‘O Anarquista’, de Lina, e ‘A Dança dos Vampiros’, de Polanski, dois clássicos obrigatórios”.

Fonte: Tribuna do Norte

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *