Henrique Alves reúne parlamentares do RN para definir a destinação de emendas ao Orçamento Geral da União de 2014

271113bancadaPaulo Wagner, Fábio Faria, Henrique Alves e Sandra Rosado reunidos hoje, em Brasília (Foto: Estella Dantas)

Parlamentares do Rio Grande do Norte voltaram a se reunir nesta quarta-feira, 27, em Brasília, para definir a destinação das 18 emendas coletivas da bancada . Dessa vez o encontro foi no gabinete da Presidência da Câmara dos Deputados. O deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB) vai apresentar uma emenda coletiva ao Orçamento Geral da União (OGU) de 2014, no valor de R$ 40 milhões, para compra de equipamentos para coleta e destinação final do lixo urbano pelas prefeituras potiguares. Os recursos serão da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene).

As emendas definidas pela bancada serão apresentadas ao relator do OGU pelo coordenador da bancada portiguar, João Maia (PR). Cada parlamentar sugeriu uma emenda, no valor de R$ 40 milhões, subscrita pelos demais colegas. Além de Henrique Alves, José Agripino (DEM) e Paulo Wagner (PV) também apresentaram emendas no orçamento da Sudene para a compra de equipamentos e infraestrutura hídrica pelos municípios do Rio Grande do Norte.

Natal foi contemplada com emendas de Paulo Davim (PV), Fátima Bezerra (PT), Garibaldi Alves (PMDB) e Felipe Maia (DEM) nas áreas da saúde, educação e infraestrutura urbana. Fábio Faria (PSD) destinou uma emenda para a barragem de Bujari, em Nova Cruz, e João Maia (PR) para infraestrutura de rodovias. Betinho Rosado (DEM) priorizou equipamentos de saúde e Sandra Rosado (PSB), até o início da tarde desta quarta-feira, ainda não havia definido a sua emenda.

Outras quatro emendas, consensuais, foram aprovadas para a Ufersa, a Uern, a Liga Norte-Riograndense contra o Câncer e para a área de Segurança Pública. A Uern e os recursos para ações na área de Segurança foram propostas pela governadora Rosalba  Ciarlini. Os deputados e senadores também decidiram propor o remanejamento de recursos dentro do OGU para três emendas coletivas: UFRN, IFRN e o asfaltamento da BR-104 – essa última sugestão da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (Femurn).

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *