Governo do Estado decreta luto oficial de três dias pelo falecimento do deputado Agnelo Alves

00Além de político, Agnelo era um brilhante jornalista (Foto: Magnus Nascimento / Tribuna do Norte) 

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte vem, com pesar, anuncia o decreto de luto oficial de três dias pelo falecimento do deputado estadual Agnelo Alves (PDT), ocorrido na tarde deste domingo, 21, no hospital Sírio Libanês, em São Paulo, onde estava internado para tratamento médico.

Agnelo foi prefeito de Natal na década de 1960; duas vezes prefeito de Parnamirim, em 2000 e 2004; suplente de Senador, tendo assumido o mandato em 1999; e atualmente exercia o segundo mandato como deputado estadual.

“Neste momento de profunda dor, o governo manifesta votos de pesar à esposa Celina Alves, aos filhos Carlos Eduardo Alves (prefeito de Natal), Agnelo Alves Filho e José Luiz Alves,  bem como aos netos e demais familiares”, diz a nota de pesar emitida pelo governo estadual.          

“A morte de Agnelo Alves representa uma enorme perda para os ambientes político e jornalístico do Rio Grande do Norte”, conclui o texto que leva a assinatura do governador Robinson Faria (PSD).

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *