Governadora detalha à imprensa novo decreto e ações do Pacto pela Vida

A governadora Fátima Bezerra (PT) realizou coletiva de imprensa por videoconferência, na quinta-feira, 4, para esclarecer sobre o novo Decreto 29.742, publicado em edição extraordinária do Diário Oficial do RN, e também para atualizar as ações do Governo para o combate ao novo coronavírus (Covid-19) e as ações do Pacto Pela Vida. Ela conclamou os municípios a serem agentes ativos no combate ao vírus. A secretária de Comunicação, Maria da Guia Dantas, intermediou o debate com os jornalistas de todo o Estado.

A chefe do Executivo estadual informou que estão prorrogadas até o dia 16 de junho as medidas de saúde para o enfrentamento da pandemia. O novo decreto institui uma política de isolamento social rígido para enfrentamento do novo coronavírus no Rio Grande do Norte, impõe medidas de permanência domiciliar, de proteção de pessoas em grupo de risco que só devem sair de casa para serviços essenciais como supermercados, bancos, farmácias, e hospitais, clínicas ou estabelecimentos do gênero.

As novas ações se tornaram necessárias diante da queda do isolamento social no mês de maio, o que reflete no número crescente de pacientes internados, de pessoas que procuram os hospitais e unidades de saúde e no número de mortes. A governadora destacou que essas ações são norteadas pelo do Comitê Científico Local, cuja importância e o trabalho prestado são reconhecidos pelo Poder Executivo Estadual: “Minha gratidão ao Comitê que nos auxilia nas decisões de enfrentamento à pandemia”, disse.

Sobre as dificuldades que o Estado vem enfrentando, ela esclareceu: “Nossa gestão encontrou um Sistema Único de Saúde colapsado. Estamos fazendo todo o esforço para garantir que todos os potiguares tenham acesso à saúde e sejam atendidos. Estamos mergulhados em uma crise sanitária, econômica e política em nível nacional que gerou dificuldades aos gestores municipais e estaduais para enfrentarem essa pandemia”.

Em meio às dificuldades, o Governo do Estado já contratou mais de 30 mil novos profissionais para integrar o quadro da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) e mais de 300 novos leitos foram criados. “Estamos trabalhando para abrir mais 110 leitos nos próximos dias. Apesar de todas as adversidades estamos empenhados em abrir esses leitos. O custeio de um leito de UTI é caro, de em média 3 mil reais por dia. Sem falar as dificuldades na aquisição de EPIs, respiradores entre outros equipamentos”, detalhou Fátima.

A governadora reforçou aos jornalistas que todas as informações e prestações de contas dos investimentos para enfrentamento da Covid-19 estão no Portal da Transparência do RN (http://transparencia.rn.gov.br).

Pacto Pela Vida

Com o Pacto pela Vida, a governadora explicou que sua gestão reforça o apoio da Segurança Pública do Estado em parceria com prefeitos e gestores municipais para elevar a taxa de isolamento social. Já estão em andamento ações como barreiras sanitárias, rondas nos comércios, locais públicos e bairros que apresentam um número elevado de pessoas contaminadas para garantir o cumprimento do decreto. “Sugerimos aos prefeitos a antecipação dos feriados e suspensão dos festejos juninos, incluindo fogueiras e fogos de artifício. O Governo está à disposição da população e das prefeituras para juntos unirmos forças para vencer a epidemia o mais rápido possível”, destacou a governadora.

A reabertura gradual do comércio está prevista para acontecer no dia 17 de junho, segundo o novo decreto. O plano deverá ser dividido em quatro fases subsequentes de 14 dias, cada fase será subdividida em frações. “A exemplo dos demais estados, temos uma programação responsável que foi planejada junto com as federações e recebeu o aval positivo do Comitê Científico Local. Contudo, está condicionada à ocupação dos leitos públicos de UTI em índice inferior a 70%”, esclareceu.

Finalizando, a governadora lembrou que “a única medida eficaz que temos no momento contra o coronavírus é o isolamento social para diminuirmos o contágio. A vida dos potiguares é o que mais importa para nós. Pedimos a sociedade, trabalhadores, empresários, juventude, que respeitem o isolamento social, pois cada um tem um papel importante na luta contra o vírus”.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo está protegido !!