Gerente da II Ursap apresentará plano de metas para a 2ª Região de Saúde para o período 2015 a 2018

0 LIDIANE GARCIA GERENTE DA II URSAP 2Lidiane Garcia fará explanação sobre ações e metas a serem trabalhadas nos próximos anos (Foto: Divulgação)  

A gerente da II Unidade Regional de Saúde Pública (II Ursap), enfermeira Lidiane Garcia, apresentará nesta quarta-feira, 5, de 8h as 12h, no auditório do órgão, em Mossoró, o Plano de Metas para a 2ª Região de Saúde para o período 2015-2018. A reunião será direcionada aos gestores de saúde, representantes dos hospitais regionais, da Faculdade Nova Esperança (Facene), Universidade Potiguar (UnP), Faculdade de Ciências da Saúde (FACS), Faculdade de Enfermagem, da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Faen/Uern), dentre outras instituições.

O objetivo é a construção de uma rede assistencial mais resolutiva e eficaz. Estarão presentes ao evento o coordenador da Equipe Técnica, Thiago Medeiros de Souza, e técnicos da II Ursap. No primeiro momento a gerente da II Ursap, Lidiane Garcia, apresentará as Ações de Curto Prazo, ou seja, as Metas para 2015.

Ações de Curto Prazo – Metas para 2015

Discutir o modelo de gestão compartilhada que atenda as ações e serviços de saúde da região na Comissão Intergestores Regional (CIR); Discutir o fluxo de urgência e emergência em saúde mental, bem como, o cronograma de estruturação dos serviços, conforme Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) e Rede de Urgência e Emergência (RUE); Implantação de Leitos de Saúde Mental em Hospital Geral (sendo 4 leitos no Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), 4 leitos Apodi e Caraúbas); Conclusão e aprovação na Comissão Intergestores Regional (CIR) do plano da Rede de Urgências; Implantação de Caps AD 3 Mossoró e Caps 3 TM (Mossoró); Garantir insumos (medicamentos e material hospitalar), manutenção de equipamentos e adequações estruturais das Unidades Assistenciais Hospitalares conforme desenho da rede, perfil do serviço e financiamento já definido (RN Sustentável, Redes temáticas, ou outro).

E ainda, Habilitação da Porta de Entrada de Urgências do HRTM para fins de recebimento de recursos (RUE); Viabilizar o pleno funcionamento de apoio ao diagnóstico (RX, Ultrassom, Laboratório e ECG) dos hospitais regionais conforme papel do serviço na rede; Reestruturar os serviços de apoio diagnóstico e intercorrências oncológicas em Mossoró para atendimento à região, viabilizando as pactuações necessárias bem como, elaboração de fluxo de atendimento protocolados, aperfeiçoando a regulação de pacientes para o Centro de referência em Oncologia e Hematologia em Mossoró; Reestruturar os serviços de apoio diagnóstico e intercorrências cardiovasculares em Mossoró para atendimento à região, viabilizando as pactuações necessárias bem como elaboração de fluxo de atendimento protocolados; Adesão do CEO à rede da pessoa com deficiência; Implantação de SAD em Mossoró e Baraúna e Rediscutir pactuações referentes aos pacientes com deficiência e linha de cuidados para os ostomizados e amputados.

Em seguida, Lidiane Garcia explanará sobre as Ações de Médio Prazo e as Metas para 2016.

Ações de Médio Prazo – Metas para 2016

Regionalização dos Caps: Mossoró, Caraúbas, Apodi e implantação de um Caps AD em Apodi e conforme a Rede de Atenção Psicossocial (RAPS): Caps AD Apodi, e Areia Branca AD2, Caps 3 TM Apodi, e Residência terapêutica em Mossoró e Unidade de acolhimento adulto e infantil Mossoró; Reforma e adequação do Pronto Socorro do Hospital Regional Dr. Aguinaldo Pereira – Caraúbas; (RN Sustentável); – Implantação das Salas de Estabilização nos municípios de Caraúbas e Apodi conforme plano da Rede de Urgência e Emergência (RUE); Viabilizar contratação/manutenção de ambulâncias e equipe para Hospitais Regionais para transporte inter hospitalar/intermunicipais; Redefinir Regionalização do Samu para 2ª Região de Saúde e viabilizar a pactuação secundária e Implantação da Central Regional de Regulação para Internação Hospitalar.

E ainda, a complementação das escalas de especialidades médicas (urologia, neurologia, psiquiatria, nefrologia, cirurgia vascular, otorrinolaringologia) dentro do HRTM; Fortalecer o Hospital Rafael Fernandes (RH, médicos, apoio diagnóstico para patologias infectocontagiosas e melhorar o fluxo de atendimento aos pacientes da região); Implantar porta de entrada para intercorrências em doença renal crônica, e implantação de TRS para pacientes pediátricos em Mossoró; Definir a oferta e sustentabilidade regional dos serviços de pré-natal de alto risco para a 2ª Região de Saúde, num contexto de oferta de outras especialidades clínicas estratégicas (clínico obstétrico, pediátrico, cardiológico, oncológico e psiquiátrico) em policlínicas regionais e modelos de gestão compatíveis; Implantação de melhorias para as Maternidades de Risco Habitual Mossoró, Areia Branca, Caraúbas, Apodi, Janduís e Baraúna; e Implantação de Leitos de retaguarda clínica (Apodi, Caraúbas e Mossoró) para continuidade de tratamento e ampliação do Samu (Mossoró, Apodi, Areia Branca e Baraúnas).

Ações de Longo Prazo – Metas 2017-2018

Reestruturação da Rede de Saúde Mental; Celebração de convênio junto à Casa de Saúde Dix-sept Rosado (CSDR) para a realização de cirurgias eletivas (ginecológicas, ortopédicas e geral) dos municípios da 2ª e 8ª Regiões de Saúde, respectivamente, com sedes em Mossoró e Assú; Construção de unidade para atendimento ambulatorial especializado em pediatria e neonatologia; Construção de hospital escola materno/infantil em parceria com Uern (RN Sustentável); Reavaliar o teto financeiro para a área oncológica; Garantir o fluxo de referência formal para outros serviços de alta complexidade (Natal e Mossoró; Construção de Oficina ortopédica Mossoró e Aquisição de 1 tomógrafo para o HRTM (RN Sustentável).

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *