Furtos de equipamentos da rede elétrica cresceram 132% em 2022, aponta Neoenergia Cosern

Fiação furtada na Comunidade do Córrego, em Grossos: bandidos atuam em todas as regiões do Estado (Foto: Misael Alcântara/Neoenergia Cosern/Divulgação)

O quantitativo de furtos de equipamentos diversos do sistema elétrico da Neoenergia Cosern aumentou 132,25% ao longo de 2022 em relação ao ano anterior. Em números absolutos, o Centro de Operações Integradas (COI) da distribuidora contabilizou 2.729 ocorrências em todas as regiões do Rio Grande do Norte. Neste ano, o caso mais recente ocorreu às 19h06 de quarta-feira, 18, em Macau, na Costa Branca potiguar. Homens não identificados furtaram cabos e derrubaram equipamentos do sistema, deixando 144 unidades consumidoras sem energia.

“O crime de furtos de equipamentos da rede elétrica é prejudicial a todos. A ação criminosa coloca em risco quem a pratica e quem está próximo. É preciso que a sociedade denuncie qualquer atitude suspeita ligando para a Polícia. Com o objetivo de reduzirmos esse tipo de ocorrência, mantemos um diálogo contínuo com as autoridades policiais potiguares”, declara Osvaldo Tavares, Superintendente Técnico da Neoenergia Cosern.

Entre os itens furtados estão condutores, transformadores, medidores e ramais. Do dia 1º de janeiro 31 de dezembro de 2021, o quantitativo de furtos dessa natureza contabilizados pela companhia foi de 1.175. Em todos os casos, a Neoenergia Cosern registrou Boletins de Ocorrência junto às autoridades policiais e empreende esforços para recompor a rede elétrica, a cada novo sinistro, o mais rápido possível. A Neoenergia Cosern reforça que a população mantenha distância da rede elétrica e jamais tente reconectar cabos ou outros equipamentos do sistema de eletricidade furtados.

As ações criminosas causam transtornos no fornecimento de energia para todos os consumidores, além de colocar em risco o funcionamento de hospitais, escolas, empresas de todos os portes, restaurantes, comércio e empreendimentos turísticos. A distribuidora ressalta que compartilha informações e acompanha as ações de furtos da rede elétrica com a Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed)​.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *