Fábrica de Revestimentos Cerâmicos Porcelanatti de Mossoró volta a funcionar depois de três meses de paralisação

0 OKA fábrica é a maior produtora de porcelanato da América Latina e a única do grupo Itagrés no Nordeste

Depois de três meses parada, a Fábrica de Revestimentos Cerâmicos Porcelanatti de Mossoró, do grupo Itagrés, voltou a funcionar. E já está trabalhando com aumento de produção de 3 mil m²/dia e meta de contratação de mais 68 funcionários.

Na primeira semana da retomada da produção, a fábrica recebeu a visita da governadora Rosalba Ciarlini, responsável pela vinda do grupo catarinense para o Rio Grande do Norte, quando era prefeita de Mossoró.

Acompanhada do diretor da unidade, Valério Serafim; Rodrigo José, gerente de produção e Marco Markon, diretor industrial, a governadora esteve nos setores de produção e depois se reuniu com a diretoria de quem ouviu explicações sobre a suspensão temporária da produção.

A fábrica parou, segundo Serafim, porque esperava a liberação de equipamentos vindos da Itália. “Muita gente pensou que a fábrica estava fechando. Mas, enquanto esperávamos a liberação do maquinário, aproveitamos para qualificar nossos funcionários e mantivemos os salários em dia para não desmotivá-los”, explicou, dizendo que todas as dificuldades foram superadas e que além de passar dos 12,5 mil m², a fábrica está produzindo 15 mil m² e já está programando a segunda linha de que deve dobrar a produção em abril. E para isso, a empresa já trouxe 4 técnicos italianos.

“Eu nunca acreditei no fechamento”, revelou a governadora Rosalba Ciarlini destacando que a implantação da unidade de Mossoró foi realizada pela potencialidade de mercado e pela disponibilidade de matéria-prima. Lembrando que a Itagrés foi importante para a consolidação do Distrito industrial de Mossoró, a governadora se disse confiante no crescimento da empresa que tem um potencial de 1 milhão de m²/mês.

A fábrica está trabalhando 24 horas por dia e 80% da produção atende o mercado nordestino, ficando a maior parte no RN. São mais de 300 funcionários e, nos próximos dias, esse número deve chegar a 400, conforme previsão do gerente de produção, Rodrigo José.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *