Ex-prefeito de Guamaré terá que devolver mais de R$ 4,8 milhões por irregularidades

joao-Pedro A Inspeção Especial realizada pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) na Prefeitura de Guamaré, relativa à aplicação dos recursos dos royalties no exercício de 2002 detectou irregularidades materiais que, somadas, chegam a R$ 4.872.468,85.

Ex-prefeito João Pedro caiu na malha fina do TCE 

Foram observadas despesas como contratação e pagamento de serviços de caminhão pipa de propriedade do prefeito da época, João Pedro Filho; consumo injustificado de combustível (R$ 1.601.307,65); materiais não localizados na verificação in loco (21.019,00); e despesas com manutenção de veículos realizadas irregularmente (R$ 2.773.041,76).

A Corte de Contas determinou a total restituição do valor lesado ao erário, sem prejuízos da atualização monetária e incidência de juros de mora sobre o valor corrigido. O processo será encaminhado ao Ministério Público Estadual (MPE) a fim de apurar possíveis ilícitos penais e/ou atos administrativos. (Com informações do TCE-RN).

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *