Ex-prefeito de Assu é condenado a devolver mais de R$ 1,2 milhão por irregularidades na prestação de contas do Fundef no exercício de 2002

Ronaldo Soares se enrola com prestação de contas do Fundef 

O então prefeito de Assu, Ronaldo da Fonseca Soares, teve as contas relativas a documentos e balancetes do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef), exercício de 2002, consideradas irregulares pela Primeira Câmara do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

O ex-gestor foi condenado ao ressarcimento de R$ 1.204.423,54, em decorrência da ausência de documentação comprobatória de despesas e realização de despesas alheias ao Fundo de Educação.

O processo foi relatado pela conselheira Maria Adélia Sales na sessão de quinta-feira, 1º de novembro. (Com informações do TCE-RN).

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *