Embaixador do Brasil na Dinamarca chega ao RN para cumprir agenda com o Governo do Estado

Jaime Calado representou o governo na recepção ao embaixador Rodrigo Azeredo dos Santos

Em mais uma etapa dos esforços do Governo do Estado de atrair investimentos estrangeiros para o Rio Grande do Norte, desembarcou no final da tarde deste domingo, 9, no Aeroporto Internacional Aluízio Alves, o embaixador do Brasil em Copenhague, Rodrigo Azeredo dos Santos. Nesta segunda-feira, 10, o diplomata e representantes de empresas dinamarquesas serão recebidos pela governadora Fátima Bezerra (PT), dando sequência aos entendimentos iniciados em novembro do ano passado, quando uma missão potiguar visitou a Dinamarca.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Jaime Calado, que representou o governo na recepção ao embaixador, disse que a visita não se restringe apenas ao setor de energias renováveis. “Nosso objetivo é manter essa porta aberta para os nossos exportadores, para as universidades, para os investimentos e para o desenvolvimento de novas tecnologias.”

Também participam da audiência na sala de reuniões da Governadoria, às 9 horas, João Fernandes, representante da Energy Vault; Claudio Calonge (Briskcom), Marcelo Pereira (OTZ Engenharia) e o senador Jean-Paul Prates (PT).

Além da audiência com a governadora Fátima Bezerra, o embaixador visita o Parque Científico e Tecnológico Augusto Severo (PAX) em Macaíba; a Universidade Federal (UFRN), e o Instituto Senai de Inovação, ligado ao sistema Fiern. À noite será homenageado com um jantar em que participam os reitores das quatro universidades públicas, presidentes das federações empresariais, representantes de instituições de crédito e integrantes da missão potiguar que estiveram na Dinamarca. No dia seguinte ele recebe o título honorífico de cidadão norte-rio-grandense conferido pela Assembleia Legislativa, proposição do deputado Hermano Morais (PSB).

Em novembro do ano passado, a delegação potiguar liderada pela governadora Fátima Bezerra foi à Dinamarca, onde buscou investimentos para o desenvolvimento da infraestrutura necessária à economia do futuro, como o porto-indústria que irá viabilizar a geração de energia offshore; e apresentou as potencialidades do Estado para empresas e fundos de investimentos. “Estamos muito honrados com a presença do embaixador, que tão bem recebeu nossa missão na Dinamarca e abriu as portas de universidades, federação das indústrias, de empresas do setor de energias e de fundos de investimentos. Seja bem-vindo!”, saudou Jaime Calado.

Fotos: Yago Santos 

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *