Efeito Bolsonaro: PSL passou de 1 para 52 deputados; PT encolheu de 69 para 56

Menos da metade dos deputados conseguiu se reeleger (Foto: Reprodução)

A Câmara dos Deputados será composta por 513 deputados federais de 30 partidos diferentes. PT e PSL elegeram o maior número de representantes. A bancada do PT terá 56 deputados e a do PSL, 52. São os dois partidos com mais deputados federais eleitos. Em seguida com mais cadeiras na Casa aparecem PP (37), MDB (34) e PSD (34).

Maiores bancadas serão do PT (56 deputados) e PSL (52)

30 partidos terão representantes, um recorde

PMDB (MDB) foi o que mais perdeu cadeiras: caiu de 66 eleitos em 2014 para 34 eleitos em 2018

PSL foi o mais ganhou cadeiras: foram 52 deputados eleitos agora, contra 1 em 2014

Menos da metade dos deputados conseguiu se reeleger, ou seja 240 dos 513

PSDB, que foi a 3ª maior bancada eleita em 2014, caiu para 9º

Na comparação do resultado de 2018 com o de 2014, o MDB foi o que sofreu o maior revés. O número de deputados da sigla reduziu quase pela metade: pulou de 66 para 34 deputados. Considerando os números de 2014, apenas o PRTB deixou de eleger um deputado federal.

A partir de 2019, a composição da Câmara contará com representantes de 30 partidos, um recorde desde a redemocratização. Atualmente, 25 partidos estão representados na Casa. Nas eleições de 2014, eram 28 partidos. Em 2010, 22 siglas. Em 2006, 21. Em 2002, 19. Em 1998, 18. (Com informações G1).

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *