Disputa por vaga de desembargador do Tribunal de Justiça do RN tem seis concorrentes; lista tríplice será formada hoje

122809Para definir a lista tríplice, cada um dos 13 desembargadores votará, no mínimo, três vezes(Foto: Rafael Barbosa)

Finalmente nesta quarta-feira, 26, acontecerá a tão esperada formação da lista tríplice, da qual sairá o próximo desembargador do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) por meio do Quinto Constitucional. A Sessão do Pleno da Corte Estadual será a partir das 8h.

Dos seis nomes que compõem a lista apresentada pela Ordem dos Advogados do Brasil seccional Rio Grande do Norte (OAB-RN), os treze desembargadores aptos a votar deverão escolher, através de voto aberto e fundamentado, três deles. Para isto, porém, cada um dos escolhidos deverá ter, no mínimo, oito votos, para que figurem na lista que será encaminhada à governadora Rosalba Ciarlini. Será ela quem irá nomear o futuro membro da Corte de Justiça potiguar.

Os concorrentes à vaga são os advogados Magna Letícia de Azevedo Lopes Câmara, Verlano de Queiroz Medeiros, Artêmio Jorge de Araújo Azevedo, Glauber Antônio Nunes Rêgo, Marisa Rodrigues de Almeida Diógenes e Priscila Coelho da Fonseca . Entre eles, o sentimento é de calma e confiança.

Desde meados de fevereiro, o Tribunal aguardava a publicação de um acórdão pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para retomar o processo de escolha do próximo desembargador. Este, deverá ocupar a vacância aberta com a aposentadoria de Caio Alencar.  O processo de escolha, cuja votação foi dia 15 de fevereiro, foi suspenso pelo conselheiro do CNJ, Jefferson Kravchychyn, após denúncias de vícios na formação da lista apresentada à governadora Rosalba Ciarlini. De tal lista, o advogado Glauber Rêgo chegou a ser nomeado desembargador, mas não assumiu o cargo. (Com informações da Tribuna do Norte Online).

121793 OK

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *