Diretor-Presidente da Codern solicita emenda impositiva para o Porto-Ilha aos parlamentares federais

Fernando Dinoá reunido com representantes da bancada potiguar (Foto: Divulgação)

O Diretor-Presidente da Companhia Docas do Rio Grande do Norte (Codern), Fernando Dinoá, participou na terça-feira, 30, em Brasília, da reunião da bancada federal para discutir as emendas que serão destinadas ao Rio Grande do Norte em 2019 pelo Orçamento Geral da União.

Dinoá solicitou uma emenda impositiva destacando a importância do Terminal Salineiro de Areia Branca. “É uma estrutura responsável pela geração de 60 mil empregos, estratégico para a economia não só do Rio Grande do Norte, mas do Brasil. A Codern pede o apoio e compreensão da bancada federal potiguar diante da necessidade urgente de uma série de medidas para mantermos em atividade o Porto de Areia Branca”, enfatizou Dinoá.

A bancada federal dispõe de um total de seis emendas impositivas que totalizam R$ 168 milhões e foram definidas em nova reunião apenas entre os deputados federais e senadores na quarta-feira, 31. “Necessitamos de uma dessas emendas para assim mantermos em dia nossos projetos e planejamento para o Porto-Ilha”, concluiu Fernando Dinoá.

Além da Cpdern, também participaram da reunião com a bancada federal, vários prefeitos, reitores de universidades, representantes de entidades, diversas instituições e Governo do Estado.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *