Diretor do Dnit se mostra interessado pela reativação da barreira policial em Areia Branca

DUARTE E SOUZA  0k 0kWalter Fernandes, do Dnit, com Duarte Júnior e o deputado Souza: encontro positivo (Foto: Cedida) 

A reativação da barreira policial instalada no trecho da BR-110 que dá acesso à zona urbana de Areia Branca, onde hoje funciona a base do Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (Samu) local, está prestes a acontecer. Isso, levando em consideração a boa vontade demonstrada pelo diretor geral do  Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit-RN), engenheiro Walter Fernandes, durante reunião nesta sexta-feira, 10, na sede do órgão, em Natal, com o deputado estadual Souza Neto (PHS) e o vereador de Areia Branca, Duarte Júnior (PR).

De iniciativa do vereador Duarte Júnior, o encontro foi positivo e reacendeu a esperança dos proponentes quanto à reativação do posto policial, considerado pela população areia-branquense um importante instrumento para combater a violência e reduzir os índices de criminalidade.

Para reforçar o pleito junto ao Dnit, já que a barreira policial foi construída às margens de uma rodovia federal, o vereador Duarte Júnior buscou o apoio do deputado Souza, que foi o responsável pela implantação do projeto em 2010, quando era prefeito do município.

No encontro com o engenheiro Walter Fernandes, Souza e Duarte Júnior mostraram ao diretor do Dnit a necessidade de reativar a barreira policial, visto que durante o período do seu funcionamento, houve redução de práticas delituosas na cidade, além de aumentar a sensação de segurança da população areia-branquense.

A barreira policial foi desativada poucos meses depois de funcionamento, por recomendação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) que decretou a ilegalidade do posto. Desde então, os segmentos locais vêm tentando a volta de policiamento 24 horas no local, que se mostrou eficiente como aparato de segurança.

Na reunião de hoje, o diretor do Dnit deixou claro que é possível reabrir o posto policial. Para isso, o município terá que assumir a responsabilidade de manter o local em funcionamento, sem o risco de ser novamente desativado por falta de estrutura material e humana.

O vereador Duarte Júnior sugeriu falar com a prefeita Luana bruno (PMDB) para que ela transfira para o posto policial na entrada da cidade, a Base Integrada Cidadã (BIC) instalada provisoriamente no bairro Ilha. Ali ficariam os policiais e a Guarda Municipal. O engenheiro Walter Fernandes gostou da ideia e acrescentou que o local também poderia ser utilizado como apoio para a Polícia Rodoviária quando estivesse realizando operações na cidade.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *