Desembargadores do TJRN acatam pedido de soltura do prefeito de Serra do Mel que está licenciado do cargo pelo período de 15 dias

bibianoo1Bibiano será solto a qualquer momento

O prefeito de Serra do Mel, Josivan Bibiano de Azevedo (PSDB), que há 16 dias se encontra preso no II Batalhão de Polícia Militar de Mossoró (II BPM), poderá ser solto a qualquer momento. A determinação partiu do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) que na manhã desta quarta-feira, 31, acatou o pedido de soltura do gestor.

Segundo informações confirmadas pelo vereador Cione Bezerra (PMDB), que se encontrava em Natal, na sessão plenária desta manhã a Corte do TJRN deferiu o pedido de soltura de Bibiano, feito pelos seus advogados. Por 10 votos a 1 os desembargadores entenderam que o governante não poderá continuar preso.

Com a decisão dos desembargadores, a ordem de soltura será encaminhada para as autoridades policiais em Mossoró para o efetivo cumprimento judicial.

O prefeito Bibiano já havia sido preso em dezembro do ano passado porque a polícia entendeu que o assassinato do presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) em Serra do Mel, Ednaldo Figueira, fato ocorrido em julho de 2011, teve motivação política. Mas foi solto pela Justiça dias depois, se comprometendo a cumprir uma série de medidas cautelares, entre elas a de não se afastar da comarca sem autorização judicial.

Para a polícia, o prefeito se ausentou do município na semana em que fora expedido um novo mandado de prisão. Mas Bibiano rebate e diz que nesse período a única viagem que fez foi a Brasília (DF) para oficializar convênios e que retornou no mesmo dia. Inclusive no dia 11 passado, data a qual a polícia passou a tratar o prefeito como foragido, Bibiano dormiu em casa, na Serra do Mel, com a família.

Quando soube do mandado de prisão contra ele, Bibiano estranhou o fato, pois dissera que não foi procurado pela polícia no período. Foi quando ele se apresentou no II BPM, onde ficou detido à disposição da Justiça.

Ontem, 30, Bibiano encaminhou um pedido de licença de 15 dias à Câmara Municipal de Serra do Mel. Neste período responderá como prefeito interino o vice-prefeito Francisco Eronildes Vieira (PMDB), que tomou posse durante a sessão extraordinária do Legislativo municipal.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *