Kelps Lima lamenta descado com equipamentos de R$ 1 milhão destinados ao Itep que estão parados desde 2012

Kelps material ITEP OK

Kelps (à esq.) observa os caixotes contendo os equipamentos parados em Mossoró desde o ano passado

Equipamento de Raio X, comprado para o Instituto Técnico e Científico de Polícia do Rio Grande do Norte (Itep), no valor de R$ 700 mil e outro, para Exame de Balística, no valor de R$ 300 mil, que deveriam ser utilizados para o desbaratamento de crimes no Rio Grande do Norte, estão parados em Mossoró desde 2012 porque o Governo do Estado comprou as máquinas sem ter quem soubesse usá-las ou sequer uma sala adequada para seu manuseio.

O deputado estadual Kelps Lima, do partido SOLIDARIEDADE, que fez visita a Mossoró na sexta-feira passada, lamentou o fato na sessão de ontem,  11, na Assembleia Legislativa.

“No Itep de Mossoró eu fiquei chocado com esta situação. O Governo comprou dois equipamentos no valor total de R$ 1 milhão, cuja finalidade é descobrir projéteis de arma de fogo dentro dos cadáveres, para ajudar nas perícias de soluções de crimes, mas não pensou onde ia acomodar os equipamentos, nem treinou os peritos para usá-los. O resultado é que as máquinas estão paradas desde 2012, o Governo nunca construiu o prédio novo para acomodar o Raio X e ele está parado em dependências do Corpo de Bombeiros”, afirmou o parlamentar.

Kelps material ITEP 2 OK

Equipamentos caros estão jogados num canto por falta de espaço para instalação e pessoal treinado 

Fotos: Cedidas

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *