Deputado defende afastamento da governadora Rosalba Ciarlini do cargo por não estar atendendo as expectativas da população

0 JoaoGilbertoNélter Queiroz diz que a péssima gestão do Governo Rosalba é assunto em todos os recantos do RN (Foto: Reprodução)

O deputado Nélter Queiroz (PMDB) defendeu, na sessão de ontem, 24, na Asasembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (AL-RN), a apresentação de um pedido de impeachment, termo que denomina o processo de cassação de mandato do chefe do poder Executivo. Para ele, a governadora Rosalba Ciarlini (DEM) deve ser afastada do cargo por não estar atendendo as expectativas da população. “Esta casa tem que tomar as providências”, disse o parlamentar que ainda sugeriu aos deputados do PMDB que não votem projetos encaminhados pelo Governo do Estado, enquanto não houver negociação com categorias grevistas.

“O assunto que está nas ruas, em todos os recantos do RN é péssima gestão do Governo Rosalba Ciarlini. Não é de hoje que a situação da segurança, saúde, centrais do cidadão, de todos os órgãos do Governo do Estado, da falta de professores de várias escolas, em municípios do interior, está em pauta em todas as rodas de conversa. Esta Casa vem recebendo comissões de várias classes de servidores. A Assembleia tem feito o seu papel”, declarou.

Durante seu pronunciamento, Nélter falou sobre uma reunião entre os servidores do ITEP e Polícia Civil com o chefe do gabinete civil, Carlos Augusto Rosado. Segundo o deputado, Carlos Augusto teria afirmado que dos 500 servidores do Itep, apenas 50 seriam qualificados. “Essa é a palavra do Governo do Estado, representado pelo chefe do gabinete civil. Ele chamou os funcionários de incompetentes. Todos tinham a esperança de negociação, a sensibilidade dos governantes. Mas o Governo acirrou os ânimos, ao invés de ser sensível, humilhou os servidores”, declarou o deputado.

Os deputados Ezequiel Ferreira (PTD), Fábio Dantas (PCdoB), Gustavo Fernandes (PMDB), Márcia Maia (PSB), George Soares (PR) e Hermano Morais (PMDB) apartearam Nélter concordando com as críticas feitas ao Governo e cobrando providências com relação aos grevistas. “As categorias precisam ser escutadas pelo Governo que, lamentavelmente, trata com desdém os servidores, não só os do Itep, mas que fazem nossa segurança. Aliás, segurança que está combalida. Onde a gente chega, em qualquer cidade, é reclamação sobre segurança. Parece que o nosso discurso não está chegando ao Governo do Estado. Nossa intenção era estar aplaudindo a Administração, mas infelizmente não é possível”, disse Ezequiel Ferreira. 

Fonte: AL-RN

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *