Deputado analisa dados do Mapa da Violência-2013 no Estado e diz que insegurança deixa o cidadão em prisão domiciliar

11Leonardo Nogueira alerta sobre insegurança no Estado

Ao analisar os dados do Mapa da Violência-2013-Homicídios no Brasil, divulgados no início deste mês, o deputado Leonardo Nogueira (DEM) disse que o problema da segurança pública vem sendo banalizado pelos governos federal e estadual, deixando o cidadão de bem em permanente prisão domiciliar ou no próprio trabalho a mercê de Deus e da própria sorte.

Ele se deteve a posição de Mossoró que “ostenta desonrosamente a primeira colocação como a cidade mais perigosa do Rio Grande do Norte, estando na 53ª posição no ranking da criminalidade brasileira, sendo um dos maiores de todo o Nordeste”.

Leonardo disse que Mossoró aparece com 194 homicídios para uma população oficial de 269 mil 344 habitantes, representando uma taxa de 72,7%, de acordo com dados de 2011.

No levantamento, São Gonçalo do Amarante, com 89 mil e 45 habitantes, registra 55 homicídios e uma taxa de 61,8%. Natal, ocupa a 187ª posição no ranking nacional com 397 homicídios em 2011, com uma taxa de 49%, sendo a quinta cidade no Estado.

“É uma verdadeira chuva de bala e de dor no agora sangrento país de Mossoró, com as nossas polícias Militar e Civil qualificadas, mas desaparelhadas, sem contingentes necessários à ação de enfrentamento da capital a todo o interior. Só com alegorias paliativas, se medidas urgentes não forem tomadas concretamente, o problema vai se ampliar, não tenham dúvidas”, comentou o parlamentrar.

Fonte: ALRN

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *