Datafolha aponta redução do número de brasileiros que acham que Dilma deveria renunciar

Dilma foi melhor avaliada pelos brasileiros, de acordo com sondagem (Foto: Reprodução)  
Duas pesquisas revelam que apesar da imagem da presidente Dilma
Rousseff (PT) ter melhorado entre os brasileiros, a petista ainda não ganharia
em nenhum cenário do Datafolha, caso as eleições fossem hoje. A desaprovação ao
governo recuou de 71% em agosto, o auge da crise da popularidade, para 65%.
Enquanto isso, 12% dos entrevistados consideraram o governo bom ou ótimo. A
margem de erro é de dois pontos percentuais.
A porcentagem de pessoas que acham que a presidente deveria
renunciar também diminuiu, passando de 62% para 56% em 21 dias. Quando o assunto
é o presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha, 82% dos entrevistados
consideram que ele deveria ter o mandato cassado.

Eleições
O Datafolha também simulou a eleição para presidente da
República, em quatro cenários diferentes. Neste caso, o senador Aécio Neves
(PSDB) lideraria a disputa. Caso ele não participasse da corrida eleitoral, a
ex-ministra do Meio Ambiente Maria Silva (Rede) ficaria na frente, mas
tecnicamente empatada com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Cenário 1
Aécio (PSDB) 26%
Lula (PT)
20%
Marina Silva (Rede) 19%

Cenário 2
Marina Silva (Rede) 24%
Lula
(PT) 21%
Alckmin (PSDB) 14%

Cenário 3
Aécio (PSDB) 27%
Lula (PT)
20%
Marina Silva (Rede) 19%

Cenário 4
Marina Silva (Rede) 24%
Lula
(PT) 22%
Alckmin (PSDB) 14%

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *