Coronavírus: serviço de balsas entre Areia Branca e Grossos está suspenso

Balsas paradas no trapiche de Grossos (Foto: Reprodução/Diário de Grossos)

Por Fabiano Souza – Repórter do JORNAL DE FATO

A travessia feita de balsas entre os municípios de Grossos e Areia Branca está suspensa por sete dias, podendo ser renovada por mais sete.

Atualmente, seis balsas realizam o transporte de passageiros e cargas entre as duas cidades, sendo que desse total, quatro pertencem a proprietários em Grossos e as duas restantes em Areia Branca.

A decisão tomada pelo prefeito de Grossos, José Maurício Filho, o Mauricinho, faz parte de uma série de ações que serão anunciadas em decreto previsto para ser publicado nesta terça-feira, 2, pela administração municipal, no sentido de minimizar o impacto do novo coronavírus na cidade.

De acordo com informações colhidas pela reportagem do Jornal DE FATO na segunda-feira, 1º, apenas uma balsa fez a travessia de Grossos a Areia Branca, saindo às 6h30 e retornando às 18h30. “Apenas uma balsa poderá fazer o percurso pelos próximos sete dias, mesmo assim, apenas para fazer o transporte de ida e volta dos trabalhadores que precisam se deslocar até Areia Branca”, disse uma fonte da própria prefeitura de Grossos, que preferiu não se identificar.

Ainda de acordo com a fonte, a decisão de suspender o serviço foi tomada pelo prefeito Mauricinho, depois de uma reunião na última sexta-feira, 29, com os proprietários de balsas, mototaxistas, representantes da Capitania dos Portos de Areia Branca, Comitê de Controle e Combate ao Covid-19, vereadores e secretarias municipais para tratar sobre a mudança no horário de funcionamento das balsas que realizam a travessia entre os municípios de Grossos e Areia Branca em razão do agravamento dos casos confirmados do novo coronavírus na cidade vizinha.

Após a apresentação de diversas sugestões pelos presentes, explicando a necessidade de mudança no tráfego de balsas pelo Comitê de Controle e Combate ao Covid-19 foram definidas as alterações e medidas.

“Os proprietários de balsa vinham solicitando a paralisação dos serviços. Eles estavam com medo, tendo em vista que em Areia Branca a situação é alarmante”, disse a fonte.

Além do prefeito Mauricinho, também participaram da reunião o secretário geral, João Dehon; o secretário de gabinete, Matheus Felipe; o Capitão-Tenente da Capitania dos Portos de Areia Branca, Giovanni Guadagnini Granada; Sargento da Capitania dos Portos de Areia Branca, Lenilson de Gois Pereira; vereadores Erasmo Carlos, Antônio Gustavo, João Carlos, Bruno Gomes e Carlos Lacerda; representante do Comitê de Controle e Combate ao Covid-19, Thyego Bruno; representantes das balsas e mototaxistas.

Veja medidas previstas para novo decreto que será publicado em Grossos:

1 – Paralisação das balsas que fazem a travessia da população em geral a partir de segunda-feira, 1º de junho, por 7 dias, podendo ser prorrogado;

2 – Permitido o tráfego de balsas contratadas por empresas podendo levar apenas trabalhadores residentes no município de Grossos, que devem comprovar o vínculo;

4 – Comunicar oficialmente às empresas da medida;

5 – Publicação de Decreto Municipal oficializando as medidas, incluindo a cobrança de multa para pessoas físicas e jurídicas que descumpram as normas estabelecidas;

6 – Estudo da viabilidade, junto a Assessoria Jurídica e Ministério Público, sobre a concessão de auxílio financeiro para trabalhadores de balsas e mototaxistas com recursos oriundos do Governo Federal.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo está protegido !!