Coopervida é a responsável pela construção de 90 cisternas em Areia Branca, quatro delas em Canto do Amaro

cisterna-calçadaoCisterna calçadão, um dos modelos que a Coopervida está construindo na zona rural do município

Quatro das 90 cisternas destinadas a Areia Branca e que serão construídas na zona rural do município, estão com as obras bem adiantadas, com previsão de serem entregues no próximo dia 23. Os serviços estão a cargo da Cooperativa de Assessoria e Serviços Múltiplos do Desenvolvimento Rural (Coopervida) que desde 2005 se tornou Unidade Gestora Microrregional (UGM) do Programa 1 Milhão de Cisternas (P1MC), do Governo Federal.

As 90 cisternas destinadas ao município de Areia Branca são procedentes do Programa Uma Terra e Duas Água (P1+2). As quatro primeiras unidades estão sendo construídas na comunidade de Canto do Amaro. São os modelos de cisternas calçadão, enxurrada e barreiro trincheira, que possuem maior capacidade de armazenamento de água das chuvas em relação ao formato mais tradicional.

O Gerente executivo de Recursos Hídricos do município, José Maria de Sena, disse que a parceria da Coopervida com a Prefeitura de Areia Branca teve início em 2010 e ao longo desse período foram construídas 556 cisternas pelo P1MC.

Já com relação ao P1+2, o coordenador do programa, Rodolpho Leonardo, explica que a Coopervida estará entregando as primeiras quatro cisternas no próximo dia 23, durante solenidade com a presença dos parceiros e gestores como o Ministério do Desenvolvimento Agrário e o programa de Articulação no Semiárido Brasileiro (Asa).

Com relação aos tipos de cisternas destinadas às famílias agricultoras da comunidade de Canto do Amaro, o sistema calçadão capta água de chuva por meio de um calçadão de cimento de 200 metros quadrados construído sobre o solo. Por meio de canos, a chuva que cai na área construída escoa para a cisterna. Tem capacidade para 52 mil litros.

JOSÉ MARIA DE SENA OKJá a cisterna enxurrada, com capacidade para acumular 52 mil litros, é construída dentro da terra, ficando somente a cobertura de forma cônica acima da superfície. O outro tipo de captação de água, é o barreiro trincheira, que são tanques longos, estreitos e fundos escavados no solo.

A Coopervida foi fundada em 28 de novembro de 1999 e por meio da UGM instituída a partir de 2005, suas ações abrangem 11 municípios do Rio Grande do Norte: Mossoró, Governador Dix-sept Rosado, Apodi, Caraúbas, Upanema, Paraú, São Rafael, Itajá, Assu, Carnaubais, Porto do Mangue, Serra do Mel, Grossos, Areia Branca e Tibau.

O gerente de Recursos Hídricos do município, José Maria de Sena, diz que a parceria com a Coopervida vem dando certo desde 2010

A Unidade Gestora se destaca na realização de capacitações, construção de cisternas, facilitação e animação dos processos de planejamento, monitoramento e avaliação participativa de programa e articulação de parcerias nos níveis municipais. Isso tudo em consonância com os objetivos e metas de P1MC, que é um dos componentes da Asa.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *