Conselho Tutelar de Areia Branca divulga relatório anual com registro de 1.142 casos em 2015

 Joana D´arc de Araújo, “Darquinha”, presidiu o Conselho na gestão anterior (Foto: Erivan Silva)
O Conselho Tutelar de Areia Branca divulgou o relatório anual
referente ao período de janeiro a dezembro de 2015. Os números apontam que no
ano passado houve um recorde em atendimentos no município: 1.142 casos
registrados, o que dá uma média de 90 a 100 casos mensais.
Entre os atendimentos, destaque para os casos de aconselhamento
aos pais ou responsáveis, com mais de 200 registros. Os principais problemas
verificados pelos conselheiros tutelares no período, foram os casos de maus
tratos devido a uma intensa desestruturação nas famílias de baixa renda.
O relatório aponta ainda, como principais problemas detectados
em 2015, o difícil acesso de crianças carentes a tratamentos de saúde,
alimentação adequada, e o alto índice de adolescentes envolvidos com drogas,
implicando em vários atos infracionais e violência detectada pela falta de
políticas públicas que atendem a demanda existente no município. E ainda, a
ociosidade dos jovens sem oportunidade de uma ocupação, de um trabalho digno e
cursos profissionalizantes; e a exploração sexual que precisa de mais ações
preventivas e mais eficazes.
Entre os pontos positivos citados no documento onde os
conselheiros tutelares prestam contas do trabalho realizado pela gestão que
encerrou o mandato dia 10 deste mês, estão a realização de palestras nas
comunidades rurais, nas escolas das redes pública e privada, igrejas e outras
instituições.
Também foram considerados positivos ao longo dos últimos 12
meses, a apresentação quinzenal do programa “Conselho Tutelar Presente e
Consciente”, na Rádio Costa Branca (FM 104,3); ampla divulgação das ações do
Conselho nos meios de comunicação da cidade e da região; participação na
mobilização do 18 de Maio, com o Centro de Referência Especializado da
Assistência Social (Creas); parcerias com Ministério Público, Juizado da
Infância e Juventude, Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do
Adolescente (Comdca), Centro de Referência da Assistência Social (Cras), Creas e
Secretaria Municipal de Assistência Social, entre outros.

Sugestões para 2016
Como sugestão para o ano de 2016, foram listados os seguintes
pleitos:
– Um abrigo (Casa Passagem) para acolher crianças e
adolescentes que se encontram em área de risco;
– Diálogo mais aberto com os órgãos que trabalham em parceria
com o Conselho Tutelar;
– Melhoria no repasse de material de expediente e para
manutenção e higiene para a Casa dos Conselhos;
– Que o Executivo, juntamente com o Comdca e Secretaria
Municipal de Assistência Social valorize o trabalho dos conselheiros tutelares
com um salário digno;
– Conscientizar a população de Areia Branca sobre as
atribuições do Conselho Tutelar
– Conscientizar por meio de palestras, projetos para crianças e
adolescentes sobre o perigo das drogas, o abuso e a exploração sexual;
– Que os conselheiros tutelares tenham mais amor,
responsabilidade, união e perseverança em sua missão.
Para a gestão anterior do Conselho, o relatório avaliativo de
2015 mostra resultados satisfatórios, a começar pelo número de casos atendidos e
pela conscientização da população em buscar os seus direitos, das crianças e
adolescentes. “Diante de tantos obstáculos e por desenvolvermos um trabalho
muitas vezes mal interpretado pela sociedade areia-branquense, nos sentimos
realizados enquanto profissionais e mais ainda, enquanto pessoas, que abraçamos
a causa da criança e do adolescente. Vimos o mundo com outros olhos e amontoamos
experiências que levaremos na lembrança pelo resto de nossas vidas. Cada caso,
cada história, cada criança e adolescente. Cada família atendida nesse órgão foi
uma lição de vida para cada um de nós”, concluíram.
Conselheiros Tutelares / Gestão 2011-2015
Fábia Souza Bezerra
Gunar Vingren de Souza
Juraci Soares de Lima
Joana D´arc Ferreira de Araújo
Nara Keivillany Silva Fernandes da Costa
Raimundo Andrade Duarte Neto (Suplente)
Diretoria    
Joana D´arc Ferreira de Araújo (Presidente)
Fábia Souza Bezerra (Vice-presidente)
Juraci Soares de Lima (Secretária)

Estatística do Conselho Tutelar de Areia Branca do ano de
2015

Abandono – 06 casos
Abuso sexual – 01
Acompanhamento/Consulta – 12
Aconselhamento – 201
Agressão física – 13
Agressão verbal – 18
Aliciamento – 01
Ameaça a criança – 09
Atos infracionais – 03
Bolsa Família – 40
Calúnia contra criança – 02
Conflito entre adolescentes – 14
Conflito familiar – 40
Constrangimento – 20
Declaração – 52
Espancamento – 06
Evasão escolar – 11
Fuga de adolescente – 15
Maus tratos – 34
Negligência – 56
Orientação – 158
Palestras – 39
Pedido de guarda (orientação) – 21
Pedido de pensão alimentícia – 31
Solicitação 2ª via registro – 30
Conflitos em escolas – 26
Rebeldia criança/adolescente – 43
Requisição serviços Creas – 27
Requisição serviços Cras – 16
Ofício/Relatório Judiciário – 12
Ofício/Relatório M. Público – 47
Requisição de serviços – 35
Termo de Responsabilidade – 11
Trabalho infantil – 07
Visita domiciliar – 85

Total de casos registrados em 2015 – 1.142

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *