Começa a 18ª edição da campanha "Um Natal Feliz" 2013 que visa a arrecadação de donativos para distribuir com as pessoas carentes

00 PCO comunitário Paulo César de Brito coordena a campanha há 18 anos

Foi dada a largada para a 18ª Campanha “Um Natal Feliz”, ação solidária que constitui um grande sucesso há quase duas décadas, sob a coordenação do comunitário Paulo César de Brito, com apoio de Organizações Não-Governamentais (ONGs), Grupo da Solidariedade de Areia Branca e Conjunto de Mocidade da Assembleia de Deus Boas Novas.

A campanha natalina teve início ontem, 1º novembro, e vai até 22 de dezembro. Durante esse período as entidades envolvidas com a campanha estarão com grupos de jovens e adolescentes nas ruas, na coleta de donativos junto a comunidade da zona urbana. “O trabalho tem cunho filantrópico e tudo que for arrecadado com a campanha será revertido em prol dos mais necessitados”, explica Paulo César de Brito, idealizador e coordenador do movimento nesses 18 anos.

Segundo ele, o objetivo da campanha é angariar donativos como alimentos, calçados, brinquedos e roupas em boas condições. Esse material passa por um processo de seleção antes de ser destinado às famílias carentes da cidade.

“Temos em nossos arquivos um cadastro de mais de 40 famílias que são beneficiadas diretamente com a campanha que foi criada pelo extinto 21º Grupo de Escoteiros do Mar José Pedro Filho (21º GEMAR) de Areia Branca, que realizou as 12 primeiras edições da iniciativa”, conta a evangélica Regi Clesia Fernandes, presidente do Grupo da Solidariedade de Areia Branca.

Visando repetir ou mesmo superar o êxito das edições anteriores, os organizadores esperam contar com novos parceiros. A campanha conta com o apoio de diversos segmentos locais. “Quanto mais parceiros, melhor. Por isso vamos bater à porta de novas empresas pedir que ajudem a campanha, cujo objetivo é levar um pouco de alegria aos lares mais necessitados, durante o Natal”, diz Paulo César. Matérial que serão arrecadados em 2013                             Alimentos arrecadados na campanha são distribuídos com as famílias necessitadas

Ainda de acordo com Paulo César, a campanha tem obtido sucesso durante sua trajetória graças ao espírito solidário dos areia-branquenses. Ele diz que as pessoas recebem bem o pessoal envolvido no trabalho e costumam colaborar doando aquela roupa que não usa mais, um calçado que está abandonado num canto da casa, um brinquedo que o filho não quer mais. “Tudo é bem-vindo quando é doado com amor. E às vezes o que consideramos ser um objeto sem nenhum valor ou utilidade vai fazer a alegria de uma família inteira”, complementa.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *