Com candidatura aprovada pela Justiça Eleitoral, policial penal faz campanha diferente em Apodi

Márcio Morais é uma boa opção para o eleitor apodiense, que ganha com sua ida para a Câmara

O Policial Penal, Márcio Morais, teve sua candidatura aprovada pela Justiça Eleitoral na terça-feira, 20. Márcio concorre a uma das 13 vagas de vereador na cidade de Apodi, no Oeste potiguar, pelo Partido dos Trabalhadores (PT). Desde o início da campanha tem se destacado por apostar na apresentação de propostas como principal ferramenta para conquistar votos. Nas redes sociais, o policial posta, quase que diariamente, diversos vídeos falando sobre as suas ideias e projetos que pretende apresentar na Câmara Municipal, caso seja eleito.

“Acredito que toda campanha política deve se basear em propostas viáveis. Devemos decidir o voto por consciência e não apenas por emoção. A verdade é que sou um dos poucos candidatos que está apresentando propostas para solucionar os problemas de Apodi. Acredito que esse é o caminho para uma política mais consciente”, declarou Márcio.

De acordo com a Justiça Eleitoral, Apodi tem mais de 80 candidatos ao cargo de vereador nas eleições deste ano. Mesmo no contexto de pandemia, muitos candidatos seguem fazendo visitas a eleitores e apostando em modelos de campanhas mais tradicionais, com santinhos e carro de som. Os mais conectados com as novas tecnologias têm apostado tempo e recursos também nas redes sociais. Márcio Morais resolveu fazer uma junção das duas estratégias.

“Faço visitas, seguindo todos os cuidados possíveis, mas não é apenas uma visita para pedir votos. Deixo com cada eleitor não apenas um santinho, mas uma verdadeira cartilha de ideias e propostas. Uso as duas alternativas, tanto online como presencial, com um único objetivo: apresentar ideias possíveis de serem realizadas na Câmara Municipal”, concluiu Márcio.

Ao visitar as redes sociais dos outros candidatos, entende-se porque Márcio tem se destacado. A maioria tem apostado apenas em postar fotos com eleitores. A escassez de propostas preocupa até mesmo os internautas, que têm reclamado da falta de ideias nas publicações.

O candidato segurando exemplares dos seus livros que retratam a rotina daqueles que vivem atrás das grades  

Márcio Morais é candidato pela primeira vez. O Policial Penal é conhecido em todo Estado por seu trabalho como diretor no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Apodi e por ter dois livros lançados: Por Trás Das Grades I e II. Como diretor do CDP, Márcio coordenou a construção da própria unidade, que antes funciona em condições precárias.

Fotos: Divulgação 

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo está protegido !!