Carlos Eduardo trai Ciro Gomes e poderá ser expulso do PDT

Carlos Eduardo mostra desespero na reta final da campanha (Foto: Reprodução)

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, baixou uma resolução no início do ano e assinada pela direção do partido, em que fiscaliza a fidelização nacional de apoio à candidatura de Ciro Gomes.

Na terça-feira, 26, o candidato Carlos Eduardo Alves, em uma ação desesperada, declarou seu voto em Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Automaticamente a comissão de fidelidade partidária do PDT foi acionada e passou viabilizar o processo de expulsão de Carlos Eduardo do partido.

“O PDT tem candidato a Presidência da República, e se chama Ciro Gomes, é inadmissível que um candidato do PDT declare voto em um adversário político”, disse o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi.

Com informações Terra Brasil Notícias

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *