Campeã na carabina de 10m, chinesa conquista o primeiro ouro de Tóquio 2020

Chinesa Qian Yang ganhou o ouro no tiro de carabina 10m (Foto: Getty Images)

Foi com emoção que Tóquio 2020 conheceu o primeiro pódio. Ao vencer a final do tiro esportivo na carabina à distância de 10m feminino, a chinesa Qian Yang levou o ouro e ainda bateu o recorde olímpico da prova.

Anastasiia Galashina, do Comitê Olímpico Russo, liderava a disputa e acabou ultrapassada no último tiro. Ela ficou com a prata. Nina Christen, da Suíça, levou o bronze na noite desta sexta-feira no Asaka Shooting Range.

Anastasia Galashina, Qian Yang e Nina Christen: pódio completo (Foto: Danny Lawson/PA Images via Getty Images)

Qian Yang somou 251.8 pontos. Ela estava atrás e conseguiu um disparo praticamente perfeito na última tentativa. A atleta russa totalizou 251.1 pontos – a Rússia está proibida de competir nos principais eventos esportivo do mundo em decorrência do escândalo de doping no esporte do país e, por isso, os atletas representam o seu comitê olímpico.

O tiro esportivo é num dos esportes mais tradicionais das Olimpíadas. Só não esteve no programa olímpico em dois Jogos, Saint Louis 1904 e Amsterdã 1928. As mulheres só passaram a competir em Los Angeles 1984.​

Russa, chinesa e suíça posaram para foto logo após a prova (Foto: Getty Images)

Com informações Redação do ge — Tóquio, Japão

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *