Câmara de Mossoró decreta Luto Oficial de três dias pelo falecimento de Niná Rebouças

CLAUDIONOR DOS SANTOS, VEREADOR A Câmara Municipal de Mossoró decretou Luto Oficial de três dias pelo falecimento da vereadora Niná Rebouças (DEM), ocorrido nesta quarta-feira,  15, em Natal. O velório ocorrerá na capela Santa Terezinha, onde haverá missa de corpo presente, nesta quinta-feira, 16, às 15h, sucedida do sepultamento, às 16h, no cemitério São Sebastião.

Presidente da Câmara, Claudionor dos Santos, decretou Luto Oficial na Casa pela morte da vereadora Niná Rebouças 

O Legislativo também cancelou sessão solene em homenagem ao sistema Fecomércio Sesc/Senac e FCDL, sexta-feira (17), no Sesc de Mossoró, onde concederia Medalhas de Reconhecimento às organizações e Títulos de Cidadania Mossoroense aos dirigentes. A Câmara marcará a nova data em breve.

O presidente da Câmara, Claudionor dos Santos, diz que o momento é de profundo pesar pelo falecimento de Niná Rebouças, admirada e respeitada por todos os vereadores e servidores da Casa. Com a morte, o suplente Manoel Bezerra de Maria (DEM) assume o mandato em definitivo.

Perfil

NINÁ REBOUÇAS Niná Ribeiro de Macêdo Rebouças (foto) é cidadã assuense por nascimento e mossoroense por adoção, casada com o empresário e ex-vereador Elviro do Carmo Rebouças Neto. Desde cedo, ainda criança, mostrou inclinação para o magistério, profissão que mais tarde abraçaria com abnegação e na qual se aposentou após dedicar-se por 27 anos.

Formada em Letras pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern), exerceu a função de professora nos seus vários níveis. Iniciou vida profissional no Governo do Estado, na educação básica. Na rede estadual, assumiu a direção de várias escolas em Mossoró, Areia Branca e Caicó, onde fixou residência por um período. 

Foi indicada pelo então governador José Agripino Maia para a direção do 11º Núcleo Regional de Educação (NURE) de Mossoró, hoje 12ª Dired, cargo que assumiu por quatro anos. Na educação municipal, desempenhou a função de diretora em diversas escolas, como a Joaquim Felício de Moura, onde foi a primeira diretora.

Paralelamente, integrou o quadro docente da Uern, como Professora de Língua Portuguesa da Faculdade de Letras. Em 1997, atendendo a convite da Senadora Rosalba Ciarlini, à época  prefeita, assumiu a Secretaria de Educação e foi reconduzida ao cargo por ocasião do terceiro mandato de Rosalba.

Continuou à frente da educação do município durante o primeiro mandato da prefeita Fafá Rosado, que reconhecendo os significativos resultados alcançados pela educação durante a gestão da Professora Niná Rebouças, convidou-a a compor sua equipe de governo, dessa vez, como Gerente Executiva da Educação e do Desporto.

Em março de 2008, pediu afastamento de suas funções para concorrer a uma cadeira na Câmara Municipal, tendo sido a segunda candidata mais votada. Eleita com 3.938 votos, trabalhou para corresponder à confiança dos munícipes que a conduziram à casa de leis, atuando com a mesma  garra, honestidade e lealdade, marcas indeléveis de seu caráter

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *