Caern investe cerca de R$ 10 mil/dia em carro-pipa para abastecer Currais Novos em rodízio

0Carreta-pipa traz água do município de Florânia para abastecer Currais Novos (Foto: Reprodução / Sidney Silva) 

Mesmo sem fonte de captação de água para abastecer a cidade de Currais Novos, a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) está investindo em alternativas para atender emergencialmente a população.  Enquanto a adutora de engate rápido não é concluída, a empresa está investindo cerca de R$ 10 mil por dia só em carro-pipa que traz água do município de Florânia, distante 44 quilômetros de Currais Novos. São dois caminhões que transportam 48 mil litros cada, em 10 viagens, durante o dia e à noite, para oferecer 1,92 milhão de litros de água à cidade em sistema de rodízio.

Outra fonte alternativa utilizada pela Caern é a água oriunda de dez poços tubulares que estão produzindo 18 mil litros de água/hora utilizada em serviços domésticos como descargas, banho, lavagem de roupa, entre outras atividades. O produto é depositado em 12 chafarizes espalhados pela cidade. Outros poços foram perfurados e nos próximos dias, conforme previsão do engenheiro Eudes Medeiros, serão 15 poços em operação para amenizar os efeitos da maior seca em cem anos. O presidente da Caern Marcelo Toscano e o diretor de Operações João Alberto Dantas, estiveram em Currais Novos nesta quarta-feira (09) para discutir com os técnicos da companhia, as medidas emergenciais para combater a crise hídrica. 

Rodízio

Para atender o novo sistema de rodízio que começa nesta sexta-feira, 11, a Companhia está transportando a água de Florânia, que vem da barragem Engenheiro Armando Ribeiro Gonçalves, através da adutora Serra de Santana. A água das pipas já vem tratada, mas precisa ser colocada na Estação de Tratamento Dourado para ser bombeada até o reservatório Central de onde é distribuída de acordo com cronograma e setores.

A cidade Currais Novos foi dividida em quatro setores: o setor 01 é composto pelos bairros Manoel Salustino, Inocoop, IPE, Promorar e Parque Dourado III, que serão abastecidos a partir das 7h desta sexta-feira, 11. Os demais bairros também serão atendidos em dias posteriores, com intervalos de dois dias sem água em nenhuma localidade, porque o reservatório Central estará recebendo o produto da Estação de Tratamento Dourado.

O setor 02 abriga os bairros JK, Parque Dourado I, Parque Dourado II e Radir Pereira, que receberão água segunda-feira, 14; o setor 03 é composto por Santa Maria Gorete, Centro e Paizinho Maria, que receberão água quinta-feira, 17; por último, o setor 04 formado pelas localidades Gilberto Pinheiro, Antônio Rafael, Parque das Pedras e Sílvio Bezerra, que terão água domingo, 20. Na quarta-feira, 23, o Setor 01 volta a ter água; no sábado, 26, o setor 02; na terça-feira, 29, o setor 03 e assim sucessivamente após intervalo de dois dias para encher o reservatório.

Adutora

Com a conclusão da adutora de engate rápido, com 22 quilômetros de extensão, partindo de Currais Novos para São Vicente, o problema de abastecimento de Acari e Currais Novos será amenizado, segundo previsão de Eudes Medeiros. Já foram implantados 12 quilômetros da tubulação, faltando 10 para completar o trecho até o ponto da adutora Serra de Santana onde será interligada.

Com a seca e a falta d’água nos mananciais, a Caern está com 11 sistemas em colapso e 35 abastecidos em sistema de rodízio. A diretoria da empresa espera contar com a compreensão dos usuários no sentido de utilizar o produto de forma racional, e renovar a esperança de chuva na região para encher os mananciais no interior do Estado. (Lígia Cortez – ACS Caern).

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *