Brasil tropeça contra a Argentina, mas conquista o Superclássico das Américas nas penalidades, inclusive com gol de Neymar

470 OKFred e Neymar comemoram gol contra a Argentina

O jogo de volta do Superclássico das Américas repetiu o desfecho do de ida, só que com posições invertidas. No Brasil o time local venceu com gol no final e teve um pênalti duvidoso. Nesta quarta-feira, 21, em Buenos Aires, tudo isso aconteceu com a Argentina. O placar de 2 a 1 para os ‘hermanos’, com gol aos 44 do segundo tempo, levou a decisão para os pênaltis. E neles Diego Cavalieri defendeu o primeiro e contou com erro de Montillo. Mas Carlinhos perdeu para o Brasil. Neymar, na última cobrança, superou o trauma dos pênaltis e deu o título ao Brasil.

Neymar havia desperdiçado um pênalti ‘bizarro’ contra a Colômbia em amistoso no último jogo da seleção brasileira. Contra ele, vaias de todos os presentes no estádio. Mas desta vez ele converteu o último gol brasileiro e comemorou o título.

Nas cobranças, Diego Cavalieri brilhou logo de cara pegando o pênalti batido por Martínez. Tiago Neves fez para o Brasil. Montillo bateu o segundo argentino e colocou por cima. Jean converteu para o Brasi. Sebá fez o primeiro da Argentina na terceira cobrança. Carlinhos desperdiçou o da sequência brasileira. Scocco marcou o segundo dos argentinos. Fred fez para o Brasil. O goleiro Orión igualou novamente, mas Neymar fechou o placar. (Com informações do Portal UOL).

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *