Bolsonaro diz que haverá novidade sobre preço de combustível nesta semana

O presidente Jair Bolsonaro passa o Carnaval em Santa Catarina (Foto: Reprodução)

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira, 16, que terá novidades a respeito do preço dos combustíveis ainda nesta semana. O tema está na mira do governo desde o começo do mês.

“Estamos dando uma relaxada, mas tem trabalho. Não falta trabalho. Continuamos discutindo a questão do combustível. Tem novidade essa semana com toda certeza, espero ter novidade boa”, afirmou durante passeio em uma praia de São Francisco do Sul (SC), onde passa o Carnaval.

Na sexta-feira, 12, o presidente encaminhou ao Congresso Nacional um Projeto de Lei Complementar (PLP) que modifica a cobrança do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) que incide sobre o preço dos combustíveis. O texto precisará da aprovação dos congressistas e indica que, além dos Estados e do Distrito Federal, o Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) definirá as alíquotas do ICMS.

Ainda de acordo com a proposta do governo, o imposto caberá ao Estado de destino onde ocorrer o consumo do combustível. Caso haja aumento no valor do tributo, a nova cobrança vigorará depois de 90 dias.

A medida foi uma das anunciadas pelo presidente depois de discutir a composição do preço dos combustíveis com o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco. Na ocasião, o ministro Paulo Guedes (Economia) afirmou que seguem os estudos para a diminuição do imposto federal que incide sobre os combustíveis, o PIS/Cofins.

A ideia é que a compensação venha do próprio combustível, conforme o aumento da demanda. “Nós podemos usar esse aumento de arrecadação para aliviar”, disse. Atualmente, a cobrança do imposto é fixada em R$ 0,35 por litro. Na fala desta terça-feira, no entanto, o presidente não especificou se a “novidade” diz respeito a essa iniciativa. (Com informações Poder 360).

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *