Areia Branca levará propostas para a reunião que tratará da elaboração do Plano Estadual de Habitação

A Companhia Estadual de Habitação e Desenvolvimento (Cehab) deflagrou o processo de elaboração do Plano Estadual de Habitação e Interesse Social (PEHIS). Para isso, o órgão deverá realizar reuniões com representantes e técnicos da área de habitação e assistência social de diversas prefeituras dos municípios do Rio Grande do Norte.casas popPrograma habitacional em Areia Branca registrou avanços nos últimos anos

O presidente da Cehab, João Felipe de Medeiros, explica que para a implantação do PEHIS as prefeituras não entrarão com recursos financeiros, mas deverão ser responsáveis por disponibilizar dados relativos à realidade da demanda local de habitação. “Quem está nos municípios pode dar informações valiosas para o bom planejamento das ações. As equipes locais vão direcionar os trabalhos para áreas que tenham casas de taipa e menos instalações sanitárias. Por isso é importante a participação das prefeituras nas reuniões, que acontecerão em cidades polo do estado”, afirmou João Felipe.

As reuniões serão realizadas nos dias 25, 26 e 28 de setembro nas cidades de Mossoró, Pau dos Ferros, João Câmara, Caicó, Natal, Currais Novos e Santa Cruz. Nos encontros também será definida uma plataforma virtual para que as equipes técnicas de cada prefeitura possa alimentar um banco de dados que será utilizado pela Cehab para o diagnóstico do setor habitacional e as carências de moradia das diversas regiões do Estado.

A reunião em Mossoró acontecerá na próxima terça-feira, 25, às 14h, no auditório da Central do Trabalhador, que fica na rua Monsenhor Gurgel s/n, Abolição I. O encontro deverá contar com representantes de 24 municípios que foram convocados: Mossoró, Açu, Alto do Rodrigues, Angicos, Apodi, Areia Branca, Baraúna, Campo Grande, Caraúbas, Carnaubais, Felipe Guerra, Fernando Pedrosa, Governador Dix Sept Rosado, Grossos, Ipanguaçu, Itajá, Paraú, Pendências, Porto do Mangue, São Rafael, Serra do Mel, Tibau, Triunfo Potiguar e Upanema. (Com informações da Assecom/RN).

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *