Areia Branca e outros 48 municípios ficaram com saldo zero após as deduções no FPM

A situação financeira não está nada fácil para várias prefeituras do Rio Grande do Norte. Segundo levantamento feito pela Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (FEMURN), 49 cidades do Estado amanheceram ontem, 20, com saldo zero nas contas do  Fundo de Participação dos Municípios (FPM).AREIA BRANCA PMAB, CENTROAreia Branca, um dos municípios que ficou com zero de saldo do FPM

Esses municípios receberam a segunda parcela do fundo, mas ficaram com as contas zeradas após a dedução da contribuição para o INSS.

Detalhe: ontem, as Prefeituras eram obrigadas, por lei, a efetuar o repasse do duodécimo para manutenção das Câmaras Municipais.

A terceira e última parcela do FPM do mês de julho, que tem previsão de depósito para o dia 30, ainda não teve o índice divulgado pelo Tesouro Nacional.

Municípios que ficaram com saldo zero:

Acari
Alto do Rodrigues
Angicos
Areia Branca
Arez
Assu
Boa Saúde
Caicó
Carnaúba dos Dantas
Carnaubais
Ceará-Mirim
Cerro Corá
Currais Novos
Extremoz
Goianinha
Gov. Dix-Sept Rosado
Grossos
Guamaré
Ielmo Marinho
Itajá
Jardim do Seridó
João Câmara
Jucurutu
Lagoa Nova
Luis Gomes
Maxaranguape
Monte Alegre
Nísia Floresta
Nova Cruz
Ouro Branco
Parelhas
Parnamirim
Pau dos Ferros
Pedro Avelino
Pedro Velho
Pendências
Porto do Mangue
Pureza
Rio do Fogo
Ruy Barbosa
Santo Antônio
São José do Mipibu
São Miguel do Gostoso
Serra Caiada
Serra do Mel
Taipu
Tibau do Sul
Umarizal
Upanema

* Fonte: Femurn

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *