Apesar da chuva, 1 milhão de foliões curtem sábado de Carnaval no Rio

Foliões curtem o Bloco Cordão da Bola Preta no centro do Rio (Foto: Paulo Carneiro/AM Press & Images)

A chuva, que caiu ao longo de todo o dia, ora mais forte, ora como garoa, foi a marca de sábado, 2, do Carnaval do Rio de Janeiro. O tempo, contudo, não impediu que mais de 1 milhão de foliões tomassem as ruas da cidade, nas contas da Riotur, órgão municipal de promoção do turismo.

Como manda a tradição, o Carnaval de rua do Rio foi aberto no Centro, com o desfile do Cordão da Bola Preta, mais popular e tradicional bloco carioca – foi fundado em 1918. O desfile deste ano foi o 101º da história e, segundo a Riotur, arrastou 500.000 pessoas.

Ao som de tradicionais marchinhas de Carnaval e sambas, neste ano o Bola Preta desfilou com a atriz Paolla Oliveira como rainha da bateria. “Desejo que a gente tenha um carnaval de paz, de alegria e de respeito”, disse a atriz, que é paulistana, em entrevista ao canal de TV por assinatura GloboNews.

“Já fui a outros blocos, mas esse é muito especial”, completou Paolla, que mais tarde desceria do trio elétrico para sambar com os foliões na rua.

Ao todo, entre o final de semana passado e o próximo domingo, 10, 498 blocos desfilarão no Carnaval carioca – isso levando em conta os desfiles autorizados pela prefeitura.

Além do Bola Preta, desfilou no sábado o Carrossel de Emoções, que arrastou 280.000 pessoas ao som do funk carioca, na Barra da Tijuca, zona oeste da cidade. Os blocos Céu na Terra, Escangalha, Empolga às 9, Multibloco, Terreirada Cearense, Bloco do Barbas, Banda de Ipanema, entre outros, também saíram nas ruas do Rio.

O Empolga às 9 fez seu 16º desfile em Copacabana, na zona sul da cidade. O bloco desfilou pela orla, na Avenida Atlântica, ao som de samba, pop, forró, maracatu. Mesmo na chuva, o público cantou junto ao trio elétrico músicas da banda Baiana System e de Tim Maia, Elza Soares e Jorge Ben Jor.

A cantora Maria Rita e a atriz Paola Oliveira, durante a passagem do Bloco Cordão da Bola Preta pelas ruas do centro do Rio de Janeiro (Foto: Fornecido por Abril Comunicações S.A)

A Riotur informou ainda que, até as 16h, 52 pessoas haviam sido atendidas nos postos montados nos circuitos de blocos de rua. A Subsecretaria de Licenciamento, Fiscalização e Controle Urbano, da Secretaria Municipal de Fazenda, atuou no Cordão da Bola Preta, na Banda de Ipanema, no Carrossel de Emoções e no Bloco do Barbas.

“Foram apreendidos 3.484 itens como garrafas de vidro de bebidas diversas, biscoitos, maços de cigarro, fantasias, copos plásticos, carrocinhas, entre outros materiais, além de 20 quilos de produtos como carvão e salsichão”, diz a nota da Riotur.

Além disso, até as 17h, a Comlurb, empresa municipal de limpeza urbana, coletou “quase 43 toneladas de lixo”. Como ainda havia desfiles programados para a noite de sábado, o montante total de lixo coletado será informado apenas na manhã deste domingo, 3.

Desde o dia 16, duas semanas antes do carnaval, a Comlurb retirou 173,3 toneladas de resíduos dos blocos de rua do Rio.

O Carnaval de rua do Rio de Janeiro foi retomado há cerca de 15 anos. (Com informações VEJA).

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *