Altos e baixos marcaram a cidade de Tibau nesses 15 anos de emancipação política

Chegada à zona urbana da cidade de Tibau. Cenário bonito de se ver

Hoje, 21, é dia de festa em Tibau. A cidade esrá completando 15 anos de sua emancipação política.  Em 21 de dezembro de 1995, o então governador do Rio Grande do Norte, Garibaldi Alves Filho, sancionou a Lei n° 6.840, criando o município de Tibau, desmembrando-o, definitivamente, do município de Grossos. No dia seguinte, 22, o Diário Oficial do Estado do Rio Grande do Norte publicou o ato do governador do estado sancionando a decisão da Assembléia Legislativa de criar o município de Tibau.

A data sempre confunde imprensa e os munícipes porque a emancipação foi num dia e, no seguinte, a publicação do ato de emancipação. Quinze anos depois de emancipada, a população de Tibau, segundo dados do censo 2010, do IBGE, chega a 3.687 habitantes, e algo em torno de pouco mais de 3.600 eleitores. Mas na alta estação, durante o período de dezembro a fevereiro, a cidade recebe mais de 50 mil novos moradores. 

Tibau tem atualmente, o prefeito mais jovem do país, Rafael Freire, com 22 anos de idade e foi eleito no dia 20 de junho deste ano, através de eleição suplementar, pela coligação PMDB-DEM. Rafael afirma que o momento não é propício para uma grande festa. Ele, que assumiu o cargo em 16 de julho, explica que não haverá comemorações, em virtude da atual situação econômica do Executivo tibauense, que optou por manter o funcionalismo em dia, já que os recursos arrecadados no período são insuficientes para fazer as duas coisas.

O prefeito Rafael Freire explica que a festa será modesta e esportiva.  A Gerência de Esportes está promovendo o Torneio de Emancipação de Tibau, que começou ontem, 20, e encerra amanhã, 22. Trata-se de um torneio de futsal nas categorias masculina e feminina. “Os jogos estão acontecendo na quadra de esportes da Rua Padre João Venturelli, com premiação em troféus e ternos para as equipes vencedoras”, informa o gerente de Esportes, Armando Hermínio.       

Visual da cidade visto da parte onde se concentram residências de luxo

Tibau, quando era distrito de Grossos, não tinha médico, não havia ensino médio nas escolas e faltava água e energia com frequencia nas residências. A Caern e a Cosern ampliaram a estrutura e melhoraram os serviços, inclusive durante a alta estação. 

O comércio era o mínimo possível. Hoje, pouco mais de 50% das ruas do município tem calçamento, porém ainda não tem saneamento básico, mas tem médico 24 horas, dois Programa Saúde da Família (PSF ) atuando, e um Posto de Saúde, na zona rural, em Gangorra.

Em cinco meses da nova gestão, a saúde é a área em que mais há melhoria e desenvolvimento, pois Tibau tem atualmente dez médicos plantonistas, três dentistas, três enfermeiros, dois psicólogos, além de técnicos de enfermagem.

A cidade ganhou uma sala de fisioterapia totalmente equipada, um gabinete odontológico, um aparelho de raio-x e outro de eletrocardiograma. Nos próximos dias entregará à população um laboratório de análises clínicas. A farmácia está com um bom estoque de medicamentos.

O crescimento no número de habitantes e visitantes trouxe junto o aquecimento do comércio, como supermercados, padarias, farmácias, lojas de confecções e até uma loja de eletrodomésticos recentemente instalados. No plano arquitetônico da cidade hoje são vários condomínios de luxo construídos e outros obras.

Em se tratando de gestão administrativa, o prefeito Rafael Freire ingressou com ações na Justiça para retirar o município da inadimplência, já que o mesmo está com restrições nos Tribunais de Contas do Estado (TCE) e da União (TCU). Para isso, esteve recentemente em Brasília, onde visitou alguns ministérios e a bancada federal.    

O turismo ainda é uma atividade embrionária no município. São poucos bares e restaurantes, um hotel e cinco pousadas. Através da Secretaria de Turismo, barraqueiros e a mão-de-obra de pousadas e restaurantes estão participando de cursos de capacitação no Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

TIBAU, LINDA Apesar da falta de infraestrutura, as belas praias atraem muitos visitantes

A cidade já foi disputada pelos estados do Rio Grande do Norte e Ceará. Passou a ser Tibau, palavra que vem do idioma tupi e significa entre dois rios, fazendo uma referência direta à terra de areias coloridas que fica entre o rio Jaguaribe e o rio Apodi-Mossoró.

A povoação ganhou prosperidade pela beleza de sua praia e do forte apelo turístico. Em 1948, o povoado chegou à condição de distrito. Localizado na região litorânea do Médio Oeste potiguar, o município de Tibau está a 320 km de distância da capital e a 42 da cidade de Mossoró.

O forte da economia de Tibau é o turismo, cujo aquecimento acontece no período de veraneio, que vai do mês de dezembro até o Carnaval. A beleza das praias tibauenses encanta os visitantes. Nesta época do ano, a cidade recebe visitantes oriundos de Mossoró, do alto oeste e de algumas cidades paraibanas, que possuem residências na cidade.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *