Agência da Capitania dos Portos em Areia Branca realiza hoje as provas do Processo Seletivo de Admissão ao Curso de Formação de Aquaviários

ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA GERALDA CRUZ, LOCAL  DAS PROVASEscola Geralda Cruz abre pontualmente às 7h para receber os candidatos 

A Agência da Capitania dos Portos em Areia Branca realiza neste domingo, 19, nas dependências da Escola Municipal Professora Geralda Cruz, as provas do Processo Seletivo de Admissão ao Curso de Formação de Aquaviários do Grupo de Marítimos, Moços de Convés (CFAQ-I C/2013).

O Agente da Capitania dos Portos local, capitão-tenente Rodrigo Rocha Barros, chama a atenção dos candidatos quanto a documentação e materiais necessários na hora das aplicação das provas.

Os candidatos deverão apresentar comprovante de inscrição, carteira de identidade (RG) original ou Carteira Nacional de Habilitação (CNH) com foto e caneta esferográfica azul ou preta, lápis e borracha.

A autoridade informa ainda, que os portões da Escola Geralda Cruz, local das provas, serão abertos pontualmente às 7h e fecham às 7h30. As provas terão duração de quatro horas contadas a partir das 8h.

Ao todo, 42 candidatos concorrem às 30 vagas oferecidas pela Agência da Capitania dos Portos, em Areia Branca. A baixa procura pelas inscrições que se encerraram no último dia 14, foi motivada pelas exigências contidas do edital de convocação do processo seletivo.

O principal entrave para os candidatos interessados em participar do concurso, foi o fato de que as cartas de indicações só poderiam ser fornecidas por empresas classificadas de mar aberto com arqueação bruta acima de 50 AB. Com isso, nenhuma empresa local fez indicações, por operarem em águas interiores.

De acordo com os sindicatos da categoria, a única empresa apta a atender aos requisitos do edital do certame seletivo é a Antônio Carlos Transportes Marítimos, que opera no Terminal Salineiro. A empresa optou em não fazer nenhuma indicação, nem mesmo para os seus funcionários marítimos. Com isso, todas as indicações foram de empresas de outros estados, entre os quais o Ceará, que fez a maioria das indicações, além de empresas do Rio de Janeiro.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *