1ª Caminhada da Paz acontece hoje, motivada pelo clima de insegurança que predomina na cidade de Areia Branca

0

Padre César Teixeira estará à frente da mobilização de hoje, pela  paz (Foto: Reprodução) 

A Paróquia Nossa Senhora da Conceição, de Areia Branca, representada pelo pároco José César Teixeira, está mobilizando os segmentos locais para a 1ª Caminhada da Paz, nesta sexta-feira, 7, que sairá às 16h, da Praça da Conceição, e percorrerá as principais ruas e avenidas.

A Igreja, diante da realidade que se encontra o município em relação à segurança pública, se sente responsável a cumprir seu papel cristão e social, combatendo a impunidade por meio da promoção da Justiça e da Paz, direito básico do cidadão.

O mapa da violência em Areia Branca registra quase 20 homicídios registrados este ano, cujas vítimas, em sua maioria, são jovens. Um número considerado alarmante, levando em conta que a cidade sempre foi muito tranquila e praticamente sem registro de violência até pouco tempo atrás.

Diante dessa realidade, a Igreja entendeu que chegou a hora de todos saírem às ruas e cobrar das autoridades competentes um “olhar especial” acerca da situação.

Nos últimos anos, em Areia Branca, têm sido intensificada as mobilizações envolvendo os segmentos locais em busca de solução para acabar com o clima de insegurança que ronda a cidade, com ocorrências diárias de furtos, roubos, assaltos à mão armada e assassinatos. As drogas comercializadas em grande escala em nível local são apontadas como uma das principais causas da violência que reina nos quatro cantos do município.

A exemplo da Igreja Católica, outras denominações religiosas, classe empresarial e grupos independentes vêm engrossando o couro contra essa situação incômoda que vive a cidade. Nas manifestações a população protesta contra a violência e falta de segurança pública em Areia Branca. “Paz” é a palavra de ordem entre as famílias que lutam em busca de uma cidade mais segura.

Entre os que lutam para devolver à cidade e ao areia-branquense a tranquilidade de antes, a prefeita Luana Bruno (PMDB) tem pedido ajuda aos organismos competentes tanto na esfera estadual como federal. O presidente da Câmara Federal e do PMDB no Rio Grande do Norte, deputado Henrique Eduardo Alves, foi um a quem a gestora pediu ajuda para combater a violência no município. Reforçando pleitos formulados junto ao Governo do Estado e à Assembleia Legislativa do RN.

Para Luana Bruno, a violência é um problema nacional, mas sua gestão continua trabalhando com o objetivo de devolver a paz e a tranquilidade à população. “Somos conscientes que precisamos do apoio governamental nas esferas federal e estadual para fortalecermos as políticas públicas voltadas para a área da segurança”, disse.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *