Rebeca Melo defende que empresas instaladas no município priorizem a mão de obra local

Rebeca Melo sai em defesa do uso da mão de obra local pelas empresas
Rebeca Melo sai em defesa do uso da mão de obra local pelas empresas

Preocupada com a situação de desemprego que Areia Branca enfrenta, a vereadora Rebeca Melo (PTN) defende que Legislativo e Executivo acompanhem de perto o comportamento das empresas que se instalam no município para explorar as suas potencialidades.

Para Rebeca Melo, é importante que o governo municipal conceda benefícios fiscais às empresas que atuam principalmente na produção de energias renováveis no município, mas como contrapartida exija que priorizem a mão de obra local.

Rebeca Melo afirma que até entende que muitas empresas aleguem falta de mão de obra especializada na cidade, o que força a contratação de profissionais de fora. “Mas para amenizar essa situação, o poder público tem como formalizar parceria com as próprias empresas para qualificar os areia-branquenses, principalmente aqueles que buscam o primeiro emprego. Se não capacitarmos nossos jovens, eles jamais serão bons profissionais e terão poucas chantes no concorrido mercado de trabalho”, observa.

Energia solar

A vereadora Rebeca Melo considerou positiva a visita à Câmara Municipal de Areia Branca na terça-feira, 18, de representantes das empresas responsáveis pela instalação do Complexo Fotovoltaico Floresta que produzirá energia solar no município.

Ela ficou satisfeita com as explanações feitas em torno do projeto do parque de energia solar que está sendo construído entre as localidades de Ponta do Mel, Redonda e São Cristóvão.

Na sua fala, na Câmara, o gerente de Desenvolvimento e Projetos da Solar Direct, Anderson Concon, empresa que está instalando o parque de energia solar no município, informou que cerca de 70% dos trabalhadores utilizados nas obras são da mão de obra local e que pretende chegar a aproximadamente 500 pessoas envolvidas direta e indiretamente nesse processo.

Vereadora atenta às explanações do gerente da Solar Direct, Anderson Concon
Vereadora atenta às explanações do gerente da Solar Direct, Anderson Concon

No que diz respeito à parte estrutural do projeto, as obras devem durar até o final do mês de dezembro, quando o parque começará a produzir energia solar no município.

“São notícias alvissareiras, pois quando se trata de geração de empego e renda devemos comemorar. E redobrar nossa vigilância, para que realmente as oportunidades de trabalho contemplem os areia-branquenses”, conclui Rebeca Melo.

Fotos: Luciano Oliveira 

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *