Poeta e escritor areia-branquense concorre ao “Troféu Cultura 2017” como destaque na literatura

Leonam Cunha concorre ao prêmio com sua mais recente obra (Foto: Reprodução)

Tem areia-branquense entre os 70 indicados nas 14 categorias do 14ª Troféu Cultura. O advogado, poeta e escritor Leonam Cunha está concorrendo na categoria “Destaque da Literatura”, com o seu último livro “Condutor de tempestades”.

Leonam Cunha, que atualmente está morando na Espanha, desponta entre os melhores do ano concorrendo ao prêmio com nomes consagrados do mundo literário.

A escolha dos melhores de 2017 será via internet. De acordo com os organizadores, o sistema de votação este ano está mais seguro, pois vale a votação única por IP de computador, aliado às informações do votante, com nome, CPF, e-mail, profissão e local, depois validados por códigos de softwares.

A votação já começou e permanecerá aberta até 12 de dezembro. O anúncio dos vencedores será feito durante festa agendada para 18 de dezembro, no palco do Teatro Riachuelo, em Natal.

O público poderá votar no destaque da sua preferência no formulário disponível no blog www.papocultura.com.br

Todos os indicados foram definidos por uma equipe de especialistas em cada área artística.

Confira os indicados

Destaque no Audiovisual

– Alice Carvalho (Septo)

– Buca Dantas e Rosália Figueiredo (Meu Tempo é Agora)

– Hélio Ronyvon e Victor Ciríaco (No Fim De Tudo)

– Júlio Castro e Vlamir Cruz (Em Torno do Sol)

– Mateus Cardoso, Moniky Rodrigues e Pedro Fiuza (Dalton e Hebe)

Jurados:

Fábio Farias: jornalista, editor do site Apartamento 702

Keila Sena: produtora cultural, audiovisual e diretora do Festival Goiamum Audiovisual de Natal; já trabalhou em inúmeros longas-metragens.

Destaque na Literatura

– A Mesma Fome (autora Marize Castro)

– Condutor de Tempestades (autor Leonam Cunha)

– Das Coisas que Larguei na Calçada (autora Marina Rabelo)

– Rastejo (autor Humberto Hermenegildo)

– Vigência da Lei de Deus – Os Mandamentos, os Pecados e as Virtudes (autor Diógenes da Cunha Lima)

Jurados:

Lívio Oliveira: poeta e imortal da Academia Norte-rio-grandense de Letras

Thiago Gonzaga: escritor e pesquisador da literatura potiguar

Melhor Fotógrafo(a)

– Eliane Monteiro

– Flavio Aquino

– Getúlio Moura

– Mariana do Vale

– Tiago Felipe

Jurados:

Alex Gurgel: fotógrafo profissional e presidente do Engenho de Fotos

Jean Lopes: fotógrafo profissional

Melhor Artista Visual

– Avelino Araújo

– Carlos Sergio Borges

– Civone Medeiros

– Fernando Gurgel

– Francisco Eduardo

Jurados:

Eduardo Alexandre: artista plástico, ex-presidente da Associação dos Artistas Plásticos Potiguares

Plínio Sanderson: poeta, agitador cultural e colecionador de artes plásticas

Melhor Produtor(a) Cultural

– Ana Morena (Festival Dosol)

– Diana Fontes (Encontro de Dança)

– Keila Sena (Goiamum Audiovisual)

– Marcílio Amorim (Ribeira 360º)

– Nathália Santana (Burburinho Festival de Artes)

Jurados:

Geraldo Gondim: produtor cultural e vencedor desta categoria, em 2015

Haylene Dantas: produtora cultural Melhor Espetáculo de Dança

– Basta ter coragem (Gaya Dança Contemporânea)

– Die einen, die anderen (Cia Gira Dança)

– Eu (Fêmea) (Rozeane Oliveira)

– Inverno dos cavalos (Cia de Dança do Teatro Alberto Maranhão)

– Um tempo de chuva (Anízia Marques e Ana Cláudia Viana)

Jurados:

Marcílio Vieira: professor do curso de dança da UFRN, pós-doutor em Artes, artista e pesquisador.

Patrícia Leal: doutora em artes pela Unicamp/SP e docente na licenciatura em Dança e na pós-graduação em Artes Cênicas na UFRN

Melhor Show

– Khrystal – ABC do Sertão (Festival Gastronômico e Cultural de Martins)

– Os Chicos – [Re]Página (TCP)

– Plutão já foi planeta – lançamento do CD “A Última Palavra Feche a Porta (Teatro Riachuelo)

– Sílvia Sol – O Canto do Mar (Auditório do IFRN Central)

– Valéria Oliveira – lançamento do disco “Mirá” (Teatro Riachuelo)

Jurados:

Marcelo Veni: produtor cultural

Ramon Ribeiro: jornalista, repórter do caderno Viver, da Tribuna do Norte

Melhor Banda

– Far From Alaska

– Orquestra Greiosa

– Plutão Já Foi Planeta

– Seu Ninguém

– Time de Patrão

Jurados:

Bethoven: músico, multi-instrumentista e compositor

Jomardo Jomas: produtor cultural, idealizador do Festival MADA

Melhor Cantor

– José Maria Pescador

– Luiz Gadelha

– Mariano Tavares

– Pedro Mendes

– Yrahn Barreto

Jurados:

Alexandre Alves: músico, compositor e coautor do livro ‘100 discos do rock potiguar’

Cinthia Lopes: jornalista, editora do caderno de Cultura da Tribuna do Norte

Melhor Cantora

– Andiara Freitas

– Clara Pinheiro

– Joana Knobbe

– Silvia Sol

– Valéria Oliveira

Jurados:

Carlos Gurgel: poeta e ex-colunista de música da Revista Preá e Brouhaha

Moisés de Lima: jornalista, músico e compositor, integrante das bandas Os Grogs e Cangalha Blues

Melhor Ator/Bailarino/Performer

– Juarez Moniz (Inverno de Cavalos)

– Mateus Cardoso (A Invenção do Nordeste)

– Natã Ferreira/ Agah Precária (Projeto Identidade)

– Robson Medeiros (A Invenção do Nordeste)

– Rodrigo Bruggmann (Sancho Pança – O Fiel Escudeiro)

Jurados:

Farofa Crítica: coletivo de críticos de arte

Melhor Atriz/Bailarina/Performer

– Anádria Rassyne (A Arte Precisa Ser)

– Elze Barroso (Cartas Para Alemanha)

– Mayra Montenegro (Violetas)

– Quitéria Kelly (Danton e Hebe)

– Rozeane Oliveira (Eu Fêmea)

Jurados:

Farofa Crítica: coletivo de críticos de arte

Melhor Espetáculo de Teatro

– A Invenção do Nordeste (Grupo Carmin)

– A Arte Precisa Ser (Carol Piñeiro)

– Cartas Para Alemanha (Elze Barroso)

– Sancho Pança – O Fiel Escudeiro (Tropa Trupe)

– Violetas (Cia. Violetas)

Jurados:

Farofa Crítica: coletivo de críticos de arte

Sônia Santos: diretora do Teatro de Cultura Popular Chico Daniel

Artista do Ano

– Alice Carvalho (atriz)

– Fabio Presgrave (músico instrumentista)

– Grupo Carmin (grupo de teatro)

– José Neto Barbosa (ator e diretor)

– Plutão Já Foi Planeta (banda de música)

Jurado:

– Sergio Vilar: jornalista e editor do portal Papo Cultura

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *